Seapen e Susepe realizam operação no Presídio de Carazinho

O objetivo é a apreensão de materiais ilícitos e a manutenção da disciplina nas duas galerias do regime fechado e no alojamento do semiaberto

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

No início da manhã desta terça-feira (21), agentes da Secretaria da Administração Penitenciária (Seapen) e da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) iniciaram operação de revista geral no Presídio Estadual de Carazinho. O objetivo é a apreensão de materiais ilícitos e a manutenção da disciplina nas duas galerias do regime fechado e no alojamento do semiaberto.

Participam da ação agentes do Grupo de Ações Especiais da Susepe (GAES), da Divisão de Inteligência Penitenciária (Dipen), da casa prisional e da 8ª Delegacia Penitenciária Regional (Região de Santa Cruz).

Esta ação integra a diretriz da Seapen/Susepe, que tem o objetivo de coibir e retirar, por meio de revistas pontuais e gerais, de forma sistemática, a entrada de materiais proibidos nas unidades prisionais.

Gostou? Compartilhe