Chuvas beneficiam barragens de Passo Fundo

Defesa Civil emitiu alerta para possibilidade de temporais nesta terça-feira

Por
· 2 min de leitura
Alerta da Defesa Civil do Rio Grande do Sul (Imagem: Divulgação)Alerta da Defesa Civil do Rio Grande do Sul (Imagem: Divulgação)
Alerta da Defesa Civil do Rio Grande do Sul (Imagem: Divulgação)
Você prefere ouvir essa matéria?

Após um período de estiagem, o Rio Grande do Sul passa por  um período de chuvas intensas e, inclusive, temporais. Esses eventos climáticos provocaram  prejuízos, mas as chuvas também têm causado a recuperação dos níveis das barragens responsáveis pelo abastecimento. “Está melhorando muito o nível das barragens”, afirmou o Superintendente Regional da Corsan, Aldomir Antônio Santi.

O Arroio Miranda, por exemplo, está transbordando. Já a Barragem da Fazenda da Brigada Militar está demorando mais para se recuperar devido a uma bacia menor. Ainda assim, ela recuperou 1,10m. No momento mais crítico da estiagem, a água estava 3,7m abaixo do normal, agora está com 2,6m abaixo. “Vai demorar mais um bom tempo até encher totalmente”, explicou Santi. 

Devido à estiagem, em março a Corsan realizou  duas transposições. A primeira do Rio Jacuí para a barragem da Fazenda da Brigada Militar. A segunda transposição foi do lago da antiga pedreira, no bairro São José, para a Barragem do Arroio Miranda. Em junho a segunda transposição foi invertida, e agora está suspensa. A transposição do Jacuí para a Fazenda ocorre nos períodos de sol e quando há chuva ela é desligada. “Quanto menos tirar da barragem é melhor”, declarou o superintendente. 

Apesar dos resultados recentes, ainda é necessário que chova mais para a recuperação total das barragens. “No mês de agosto e setembro têm de  chover acima do normal para recuperar totalmente o nível da barragem da Fazenda”, explicou Santi. Como o solo já está encharcado então “tudo que vier de chuva vai escorrer e vai contribuir para aumentar o nível”, diferente do que acontecia com o solo seco durante a estiagem. 

Alerta de temporais 

A Defesa Civil do RS emitiu um alerta, na segunda-feira (6), para a possibilidade de chuvas expressivas com temporais, variando de 80 a 100mm, raios e ventos em forma de rajadas, entre 70 e 80Km/h no estado. O alerta, emitido às 15h44, é válido por 24h e compreende a maior parte do estado, inclusive Passo Fundo. 

O sul de Santa Catarina e o Norte do RS também estão sob alerta de tempestade, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). A previsão é de pancadas de chuva nos dia 7 e 8. O aviso para a terça-feira (07) prevê chuva entre 30 e 60 mm por hora ou entre 50 e 100 mm/dia, ventos intensos de 60 a 100 km/h, e queda de granizo. A causa, de acordo com o informativo da INMET, é a formação de uma região de baixa pressão associada a uma frente fria nos dias 07 e 08. 

As chuvas devem parar na quinta-feira e as temperaturas entram novamente em queda  a partir de quarta-feira, ficando entre 3ºC e 15ºC. Também existe a possibilidade de geada na sexta-feira, de acordo com o pesquisador da Embrapa Trigo, Gilberto Cunha. 

Gostou? Compartilhe