Acusado de mortes em Saudades está internado em estado grave

O crime aconteceu na manhã de ontem (4), no município de Saudades. Autor do crime, de 18 anos, tentou tirar a própria vida após atentado

Por
· 3 min de leitura
Imprensa do Povo Imprensa do Povo
Imprensa do Povo
Você prefere ouvir essa matéria?

Um crime na manhã de ontem (4),chocou a pequena cidade de Saudades, localizada no Oeste Catarinense. O pacato município , com aproximadamente 9 mil habitantes, foi cenário de um atentado que repercutiu em todo o Brasil.

Por volta das 10 horas, um jovem de 18 anos, armado de um facão, invadiu uma creche na área central da cidade, e matou duas professoras e três crianças, e deixou uma quarta criança ferida.

Segundo o delegado Jerônimo Marçal Ferreira, que atendeu a ocorrência na manhã de ontem, o jovem invadiu a creche, e inicialmente atacou uma professora que estava próximo à porta de entrada, cometendo o primeiro homicídio. Em seguida ele foi em direção uma sala onde haviam quatro crianças e mais uma agente educacional. Todos foram feridos, sendo que três crianças morreram no local, uma ficou ferida e permanece hospitalizada, e a agente educacional chegou a ser socorrida, mas morreu momentos depois de dar entrada no hospital.

Vizinhos ouviram os pedidos de socorro vindo da escola e tentaram conter o agressor, que, neste momento, tentou tirar a própria vida. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina, após cometer o crime, o jovem desferiu golpes também contra o próprio pescoço, além de abdômen e tórax, sendo  encaminhado em estado gravíssimo ao Hospital em Pinhalzinho.

Professoras que estavam dentro da creche no momento do crime relataram aos policiais que ele chegou a ir em direção a outras salas, porém as portas foram trancadas. Algumas professoras chegaram a esconder outros bebês. Foi confirmada a morte da professora Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos, que trabalhava no local há há 10 anos; a agente educacional Mirla Amanda Renner Costa, de 20 anos; além das das crianças Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses; Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses e Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses.


O acusado

Fabiano Kipper Mai, 18 anos, foi identificado como o autor do crime. Ele está hospitalizado em estado grave, pois tentou tirar a própria vida após matar as cinco pessoas. O delegado Jerônimo Marçal Ferreira, esclareceu que neste momento não é possível definir o que pode ter motivado o crime. Ele disse, que nos próximos dias a Polícia Civil irá traçar um perfil do autor do atentado. Segundo relatos coletados com pessoas próximas, e com familiares, trata-se de um jovem que sofria bulling, tendo, inclusive, por conta disso, pouca motivação para continuar com os estudos. Também há relatos de maus tratos a animais recentemente. O jovem trabalha em uma empresa da cidade. Durante buscas na casa dele os policiais encontraram R$ 11 mil. Familiares disseram que ele guardava em casa o dinheiro do seus salário.

O delegado destacou que ele é de família humilde, gosta de jogos online, e costuma passar muito tempo jogando sozinho.  Em relação às armas utilizadas, conforme o policial, foram compradas recentemente. Quando questionado por um familiar sobre o movito da copra, ele teria brincado, dizendo que serima para maltratar um animal de estimação da família.

O jovem entrou na creche com duas armas brancas, porém, apenas uma foi utilizada para cometer o crime. “Gostaria de ouvi-lo, para que ele nos relatasse o que motivou a fazer o crime, e para juntar com todas as outras peças da investigação”, explicou o delegado.

Luto oficial

A governadora em exercício de Santa Catarina, Daniela Reinehr, viajou até Saudades durante a tarde de ontem para prestar solidariedade às famílias das vitimas. Ela decretou luto oficial de três dias em Santa Catarina.  “Manifesto minha profunda tristeza e presto minha solidariedade a todos no município de Saudades. Nossas equipes de Segurança Pública estão na cidade atuando no atendimento à ocorrência e prestando todo o atendimento às vítimas e familiares”, afirmou Daniela Reinehr

O prefeito do município de Saudades, Maciel Schneider decretou luto oficial de três dias. “Uma tragédia inexplicável. Estamos acompanhando e colocamos toda nossa equipe para dar suporte às famílias. Decretamos luto e decreto oficial de três dias suspendendo todas as atividades nas escolas. Não tem explicação o que aconteceu aqui hoje, muito triste”, lamentou o prefeito.

 


Gostou? Compartilhe