Diferenças da Psiquiatria, Psicologia e Psicanálise

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Rossana Braghini - psicanalista

Transcrevo uma questão já veiculada em outro periódico, pelo incessante dessa pergunta que sempre retorna.

 Poucas pessoas diferenciam estas três especialidades, já que as três fazem “terapias”. Mas as semelhanças terminam ai. Ou seja,  a psicanálise é um campo de estudo, de concepção   e portanto de intervenção no sujeito, totalmente diferente da medicina e da  psicologia.

A principal diferença é a lógica que rege estas três. A psiquiatria é regida por uma lógica médica,  que tem um parâmetro casuístico,  do que é considerado normal e do que é considerado patológico. Procura nesse sentido ajustar o homem ao que é estimado como normal. Por exemplo: na lógica médica, se uma pessoa diz que tem dor de estômago, o médico, que deve ser um gastroenterologista,  grosso modo, manda ele fazer uma endoscopia para comparar a imagem da mucosa dele com a imagem que sua casuística prevê como a normal. Se o tecido estiver adoecido, não estiver normal, ele medica ou indica um outro procedimento, que poderia ser  por exemplo, uma cirurgia. A mesma lógica se dá com as doenças psiquiátricas. Se você tem um número x de sinais e sintomas que corresponda ao que no DSM ou no CID,  dizem que é depressão, toc, ou pânico, a rigor, o psiquiatra entende que você tem  aquela doença, não está normal e precisa ser medicado.

Gostou? Compartilhe