De volta à rotina

As festas de fim de ano já passaram e você comeu demais? Não se preocupe. A hora, agora, é de voltar à rotina e colocar a alimentação em dia.

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O fim de ano é uma época de muitas comemorações e é normal exagerar na alimentação e nas bebidas alcoólicas, principalmente ingerindo alimentos com baixo teor nutricional e muito calóricos. Para não brigar com a balança, justo na estação mais quente do ano, é muito importante buscar novas práticas alimentares para manter o peso o ano todo e, claro, ter um estilo de vida mais saudável.

Para reorganizar sua rotina alimentar, a nutricionista Taísa Annes recomenda alimentar-se de 3 em 3 horas. Dessa forma, você ativa o metabolismo e diminui as porções nas refeições, já que não irá sentir aquela fome absurda entre uma refeição e outra. Outra dica importante é mastigar e saborear bem os alimentos. “O processo de mastigação estimula o centro da saciedade no cérebro levando em torno 20 a 30 minutos para ocorrer. Se você comer rápido comerá mais e continuará com fome”, explica a nutricionista.  Taísa ainda recomenda comer saladas no início das refeições - que dão sensação de saciedade por serem ricas em fibras e fazem com que você ingira uma menor quantidade de comida - reduzir a utilização de sal e usar temperos naturais para preparar os alimentos.

Para a nutricionista, um cardápio variado e colorido é sempre a melhor saída para quem que retomar a alimentação balanceada e nutricionalmente correta. “O acúmulo de toxinas provenientes do excesso calórico é prejudicial à saúde, sendo urgente a eliminação destas através de uma desintoxicação”, explica. Para se livrar destas toxinas, é importante abusar dos líquidos, principalmente da água, comer de 3 a 5 porções de frutas e vegetais, tomar sucos de frutas e folhas em jejum e optar por alimentos integrais, fugindo dos doces e fast foods. O café também é um inimigo de quem quer desintoxicar o organismo, assim como as carnes vermelhas, que devem ser substituídos por chás e carnes magras/brancas, como peixes e aves.

Outra medida fundamental para “entrar na linha” é a atividade física. Aproveite o início do ano e coloque a prática de exercícios na sua lista de promessas que serão cumpridas em 2013. “Além de ajudarem no gasto energético e na prevenção de doenças, os exercícios físicos regulares liberam no cérebro endorfina que é uma substância capaz de proporcionar paz e tranquilidade estando associada ao prazer e bem-estar”, comenta Taísa. A prática regular ajudará a diminuir a ansiedade e o stress e a não engolir os problemas através da comida.

EVITE

PREFIRA

- Cereais refinados

- Cereais integrais

- Laticínios integrais

- Laticínios desnatados

- Carne vermelha

- Carnes brancas (peixes e aves)

- Doces e guloseimas

- Frutas

- Café

- Chás

- Refrigerantes, sucos industrializados e bebida alcoólica

- Água, sucos naturais de frutas, folhas e vegetais

- Preparações fritas

- Preparações assadas, cozidas ou grelhadas

- Produtos industrializados (ricos em corantes, aditivos, conservantes, adoçantes, sódio e gorduras trans)

- Alimentação natural (rica em frutas, verduras, oleaginosas e leguminosas que fornecem os nutrientes adequados para o bom funcionamento do organismo)

Que tal preparar sucos naturais que ajudam na desintoxicação? Confira as receitas sugeridas pela nutricionista Taísa Annes:

Suco Detox 1:

1 folha de couve

3 colheres (sopa) de polpa de maracujá

½ cenoura picada

150 ml de água

Suco Detox 2:

1 folha de couve

suco de ½ limão

1 pedaço pequeno de pepino sem casca e sem semente

1 maçã vermelha sem casca

150 ml de água de coco

Suco Detox 3:

1 folha de couve

1 rodela média de abacaxi

4 folhas de hortelã

100 ml de água

Preparo: Bata os ingredientes no liquidificador (de preferência não coe). O ideal é que o suco seja consumido ainda em jejum.

Gostou? Compartilhe