Oficinas de beleza celebram Outubro Rosa no HSVP

Sessões de maquiagem e design de sobrancelha foram oferecidos por profissionais

Por
· 1 min de leitura
Atividades foram realizadas na Radioterapia da instituição (Fotos: Assessoria de Imprensa HSVP/ Gabrieli Corrêa)Atividades foram realizadas na Radioterapia da instituição (Fotos: Assessoria de Imprensa HSVP/ Gabrieli Corrêa)
Atividades foram realizadas na Radioterapia da instituição (Fotos: Assessoria de Imprensa HSVP/ Gabrieli Corrêa)
Você prefere ouvir essa matéria?

O mês de outubro na Radioterapia do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, é marcado pelos tons de rosa em conscientização ao Câncer de Mama, mas também se encheu do colorido das maquiagens e procedimentos de beleza. Desde a última semana a Radioterapia tem recebido voluntárias da área da estética que por meio de seu trabalho, auxiliam a melhorar a autoestima de mulheres que estão passando por tratamentos de câncer. 

Sessões de maquiagem e design de sobrancelha foram oferecidos pelas profissionais Liviane Monteiro, Estefani Damian, Aline Voloski, Marina Lobo, Michele Vieira e Alessandra Martins e, também, foram entregues naninhas, confeccionadas pelo projeto Tricotando Carinho da Associação de Pais e Mestres do Colégio Marista Medianeira (Apamem).

Delair dos Santos Weimer, de 71 anos, moradora de Passo Fundo, está na décima primeira sessão de radioterapia, diz se sentir muito bem e apta a realizar as atividades rotineiras sem sentir cansaço ou indisposição. Delair sempre gostou de cuidar da beleza, por isso, participou de todas as oficinas ao longo da semana. "Achei todas as atividades excelentes, é muito bom receber esse carinho. Gostei muito de tudo", comenta.

Alessandra Martins, designer de sobrancelhas, participou como voluntária da ação e comentou sobre a sensação de ajudar os outros. “Deus é tão bom para gente, me sinto recebendo muito mais do que elas, é muito gratificante”, afirma.

A campanha do Outubro Rosa é voltada para prevenção e diagnóstico precoce, porém o HSVP desenvolve as oficinas para fortalecer quem já está passando por tratamento e que, são as principais motivadoras dessa causa. Além das pacientes, as acompanhantes também puderam fazer parte das atividades.


Gostou? Compartilhe