Nova remessa do kit intubação começa a ser entregue na terça-feira (18)

O HCC de Carazinho está na lista dos hospitais que irão receber os medicamentos

Por
· 1 min de leitura
Os medicamentos serão distribuídos pelo 3º Grupamento Logístico, a partir do 3º Batalhão de Suprimento, em Nova Santa Rita (Foto: Gustavo Mansur /Arquivo Palácio Piratini)Os medicamentos serão distribuídos pelo 3º Grupamento Logístico, a partir do 3º Batalhão de Suprimento, em Nova Santa Rita (Foto: Gustavo Mansur /Arquivo Palácio Piratini)
Os medicamentos serão distribuídos pelo 3º Grupamento Logístico, a partir do 3º Batalhão de Suprimento, em Nova Santa Rita (Foto: Gustavo Mansur /Arquivo Palácio Piratini)
Você prefere ouvir essa matéria?

A Secretaria da Saúde (SES) e o Exército Brasileiro, entre terça (18) e quinta-feira (20), entregarão para hospitais públicos gaúchos 17.535 sedativos e bloqueadores neuromusculares para uso no procedimento de intubação de pacientes com dificuldades respiratórias. 

Serão beneficiados 43 hospitais que prestam serviço pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em 39 municípios, entre eles o Hospital de Caridade de Carazinho. Eles foram escolhidos para receber medicamentos do chamado kit intubação com base em um levantamento semanal dos estoques de 22 itens realizado pela SES na rede hospitalar.

O lote atual é formado por 15 mil ampolas de Cisatracúrio, doadas pela empresa Vale ao Ministério da Saúde, e 300 ampolas de Haldol, 1.585 de Dexmetomedina e 650 de Etomidato, os três últimos adquiridos pela SES.

A responsabilidade pela compra desses medicamentos é das instituições hospitalares, não fazendo parte da rotina da Assistência Farmacêutica do Estado. No entanto, frente à dificuldade de aquisição no país e ao aumento da demanda desde o ano passado, o governo do Estado e o Ministério da Saúde se articularam para comprá-los excepcionalmente no mercado nacional e internacional e distribuí-los às instituições com estoques críticos e que prestam atendimento pelo SUS.

Já foram entregues aos hospitais gaúchos cerca de 600 mil unidades de medicamentos, adquiridos pelo Ministério da Saúde e pelo governo do Estado, desde o início da pandemia.

Distribuição

Os medicamentos serão distribuídos pelo 3º Grupamento Logístico, a partir do 3º Batalhão de Suprimento, em Nova Santa Rita. Desta vez, as cargas serão entregues em pontos focais, onde os hospitais daquela região deverão buscar. Haverá sete rotas distintas, saindo por volta das 7h.

Gostou? Compartilhe