MEDICINA & SAÚDE - Higienização para evitar doenças nasais e sinusais

Aprenda o passo a passo e a importância deste hábito

Por
· 1 min de leitura
Nariz limpo reduz a inflamações e facilita a expulsão de partículas irritantes (Foto – Pixabay)Nariz limpo reduz a inflamações e facilita a expulsão de partículas irritantes (Foto – Pixabay)
Nariz limpo reduz a inflamações e facilita a expulsão de partículas irritantes (Foto – Pixabay)
Você prefere ouvir essa matéria?

Higienizar as cavidades nasais diariamente ajuda a prevenir e tratar doenças nasais e sinusais como rinites, sinusites gripes e resfriados. A médica otorrinolaringologista Dra. Thaís Marques da Costa explica que o nariz tem a função de aquecer, umidificar e filtrar o ar. “Então, manter o nariz limpo tem inúmeros benefícios, como auxiliar na hidratação da mucosa nasal, fluidificar as secreções, reduzir a inflamação local e facilitar a expulsão de partículas irritantes.” Porém, permanecendo a obstrução nasal ou em caso de dúvidas converse com o seu otorrinolaringologista.


Quem pode fazer a higienização nasal? 

A limpeza nasal deve ser feita com Soro Fisiológico 0,9% e não tem contraindicações. Podendo ser feita desde recém-nascidos até nos idosos. 


Como fazer? 

Os dispositivos usados para a higienização nasal podem ser seringas, squeeze nasal, spray de jato contínuo, spray e conta-gotas. Não existe uma quantidade certa de soro para administrar, nem uma frequência estabelecida, vai variar de acordo com a idade do paciente e da indicação, mas o importante é que faça parte da nossa rotina diária de higiene, assim como escovamos os dente, por exemplo. 


Passo a passo da higienização nasal

Passo 1 – Soro fisiológico em temperatura ambiente ou levemente morno

Passo 2 – A cabeça deve estar inclinada para baixo e lateralmente 

Passo 3 – Mantenha a boca aberta e respire só pela boca 

Passo 4 – Aplique o soro em cada narina

Passo 5 – Evite apontar para o septo, pois pode machucar e causar do ou sangramento

Passo 6 – No final, use um lenço descartável para tirar o excesso de umidade se necessário

ATENÇÃO: Fazer a aplicação do soro em alto volume e baixa pressão!  


Dra. Thais Marques da Costa é médica otorrinolaringologista do Hospital de Clínicas de Passo Fundo (Foto – Arquivo pessoal)



Gostou? Compartilhe