Hemopasso reforça importância de que os doadores continuem procurando a instituição

Ações de conscientização sobre a necessidade de novos doadores ajudam na captação de voluntários

Por
· 1 min de leitura
Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação
Foto: Divulgação
Você prefere ouvir essa matéria?

O Hemopasso, que fornece sangue para 47 hospitais da região em uma abrangência de aproximadamente 150 municípios, está com os estoques em “nível de atenção”, de acordo com a coordenadora de captação da unidade, Alexandra Mazzoca. “Nesta época do ano, com a chegada do inverno, as doações reduzem cerca de 40%”, informa ela.

Para reverter este quadro, ações e campanhas de conscientização são importantes. Uma delas está sendo promovida pelo empresário Otélio Drebes, que vem construindo redes de voluntariado em todo o Estado. “Escolhemos Passo Fundo como a primeira cidade para receber a campanha ‘Doar é Viver’. A mobilização, engajada pela iniciativa privada junto ao Governo do Estado, à Secretaria Estadual de Saúde e à Prefeitura, tem como objetivo ampliar as doações no Hemocentro Regional (Hemopasso) com informações e facilidades aos doadores”, comentou Drebes, que visitou o prefeito, Pedro Almeida, e o vice-prefeito, João Pedro Nunes, nesta semana.

De acordo com o empresário, a campanha quer incentivar que mais pessoas façam doações. “Quem estiver interessado em doar sangue podem se cadastrar no site www.doareviver.com.br. Um representante da equipe da campanha entrará em contato para tirar dúvidas e intermediar o agendamento da doação junto ao Hemopasso em uma data próxima, de maneira organizada e com transporte gratuito. A inscrição no site é gratuita e demonstra apenas interesse do usuário, não obrigatoriedade”, reforça.

Para Alexandra, a campanha auxiliará na captação de doadores regulares, uma demanda do Hemopasso. “O foco é a conscientização das pessoas para o ato da doação voluntária e de repetição. Infelizmente, hoje as doações chamadas de reposição, para paciente específico, ainda são a maioria. A ideia é fazer a população entender a importância da doação voluntária, que é um gesto de amor ao próximo: para quem doa, não custa nada; para quem precisa, é a vida”, enfatiza.


Gostou? Compartilhe