Programas habitacionais devem reduzir déficit em 14%

Caixa Econômica Federal comemora mais de R$ 46,6 bilhões investidos em casas populares em 2009. Apenas em Passo Fundo, foram aplicados mais de R$ 36 milhões.

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Redação ON

Viabilizar investimentos habitacionais, realizando o sonho da casa própria e diminuindo o déficit habitacional nacional. Esse é o objetivo da Caixa Econômica Federal, que além de toda uma gama de serviços, agora foca suas atenções nos programas habitacionais populares. O “Minha casa minha vida” está no auge de sua implementação e apesar de ser recente já é considerado um dos maiores programas habitacionais da história, porque atende famílias com renda entre zero e dez salários mínimos. Isso atinge uma faixa enorme da população.
O vice-presidente da área de atendimento da Caixa Econômica Federal, Carlos Augusto Borges, esteve ontem participando de atividade da instituição em Passo Fundo. Ele comemora índices alcançados em 2009, que vão muito além das expectativas. Enquanto se previa chegar aos R$ 30 bilhões investidos no setor habitacional ano passado, os índices apontam que os 12 meses tiveram um total de R$ 46,4 bilhões em todo o território nacional. Isso representa a construção ou aquisição de 888 mil unidades, gerando em torno de 4 milhões de empregos diretos, beneficiando 3,6 mil pessoas.

Notícia completa você lê em O Nacional desta sexta-feira

Gostou? Compartilhe