EENAV lança programa Mais Educação

Até o próximo ano, ação disponibilizará oficinas de caráter interdisciplinar para 125 estudantes.

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Poesia e música deram boas-vindas na última terça-feira (30) ao novo suporte educacional da Escola Nicolau de Araújo Vergueiro (EENAV). Apresentações dos alunos comemoraram o lançamento do programa Mais Educação que entra em vigor a partir do novembro e irá ofertar aos alunos diversas oficinas em turno inverso. A verba junto ao Governo Federal é para aquisição de material de manutenção, oficineiros e viagens culturais, e o Governo Estadual cede a coordenadora responsável pelo desenvolvimento do projeto.

O EENAV iniciará um processo gradual atuando inicialmente com 25 alunos, mas até o início de 2013 serão 125 estudantes comtemplados do 2º até o 6º ano. “O ideal de uma escola pública e democrática visa uma educação que saiba integrar saberes e esse projeto é importante pela complementação desse processo. Temos uma expectativa que essa ação vá de encontro as necessidades dos alunos e venha auxiliar os envolvidos no desenvolvimento educacional”, afirma o diretor José Carlos Morando.

Os alunos realizarão oficinas de Alfabetização e Letramento, Matemática, Educação Patrimonial, Inclusão Digital, Esporte Lazer: Vôlei e Futebol, Cultura e Arte. A escola ainda conta com a parceria da Brigada Militar para o desenvolvimento de atividades que dialogam sobre consciência ambiental e sustentabilidade. A coordenadora do Mais Educação no EENAV, Nara de Fátima Cavalcanti, destaca o envolvimento do programa. “É uma união de forças com pais, alunos, professores e comunidade para que buscamos um ambiente ideal de aprendizado para nossos estudantes. É a criança desenvolvendo a educação para a construção do conhecimento”, disse.

O Programa Mais Educação aumenta a oferta educativa nas escolas públicas por meio de atividades optativas que foram agrupadas em macrocampos como acompanhamento pedagógico, meio ambiente, esporte e lazer, direitos humanos, cultura e artes, cultura digital, prevenção e promoção da saúde, educomunicação, educação científica e educação econômica. Marlene Silva Silvestrin, coordenadora da 7ª Região Educacional (CRE), celebra a iniciativa e os futuros resultados. “O Mais Educação incluiu e chama a comunidade para dentro das aulas e se torna um mecanismo que traz vida as nossas escolas. O programa está caminhando para a consolidação da escola em tempo integral e por essa constatação só podemos esperar melhorias significativas sobre a formação desses cidadãos em desenvolvimento”, concluiu a coordenadora. Na região de abrangência da 7ª CRE a EENAV se junta as 41 escolas comtempladas em 15 cidades.

Gostou? Compartilhe