OPINIÃO

Fontes em Off - 04/01/2013

Por
· 4 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Projetos no forno I
O mais jovem vereador Eduardo Peliciolli (PSB) é um dos parlamentares que já tem projetos quase prontos para a apresentação. O socialista deve aguardar apenas o término no período de recesso parlamentar, em 15 de fevereiro, para apresentar a sua primeira matéria. Peliciolli assume que a proposta é polêmica: ele quer a proibição das carroças com uso de tração animal. Na próxima semana o vereador pretende reunir-se com o prefeito Luciano Azevedo para discutir o tema, pois sua ideia é viabilizar a manutenção da renda dos carroceiros através de um segundo projeto. De acordo com o vereador, os galpões de reciclagem poderiam absorver esta mão de obra possibilitando mais segurança e ganho às famílias.

Projetos no forno II
O vereador Gleison Consalter (PT), conhecido como Palhaço Uhu, também engatilha propostas. Uma delas tem por base o projeto de autoria do deputado estadual Edegar Pretto (PT) que visa conscientizar a população no combate à violência contra a mulher. Inspirado no trabalho do deputado, Gleison, que também é professor de Educação Física, pretende que o tema seja inserido na sala de aula, ampliando a campanha contra a violência de gênero.

Enem
Uma em cada cinco redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram corrigidas por três avaliadores – 826.798 textos, 20,1% do total de redações corrigidas. O balanço foi divulgado ontem pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pela aplicação das provas. A redação é levada a um terceiro corretor quando a diferença entre as notas dadas pelo primeiro e segundo avaliadores é superior a 200 pontos. Cerca de 100 mil provas, 2,43% do total, ainda foram enviadas à banca examinadora, que é acionada quando a diferença de notas se mantém após a correção pelo terceiro avaliador. A nota da redação do Enem é composta por cinco quesitos, de pontuação máxima de 200 pontos cada um, levando a uma nota máxima de 1.000 pontos.

Imed
A Imed oferece em seu portfólio 2013 a 4ª edição do MBA em Controladoria, Auditoria e Perícia. Nesta edição o curso possui ênfase em Normas Internacionais de Contabilidade e visa capacitar os profissionais que atuam ou que venham atuar como controller, auditor ou perito, aplicando modernos conceitos e ferramentas das áreas de controladoria, auditoria e perícia. Busca também aprimorar os conhecimentos em perícia judicial ou extrajudicial, nas áreas cível e trabalhista. Este curso possibilita a interação entre o conhecimento acadêmico e as práticas de mercado, através de um corpo docente composto de professores mestres e doutores altamente qualificados, com uma vasta experiência acadêmica e uma atuação profissional reconhecida. Outras informações sobre este e demais cursos ofertados pela Imed podem ser obtidas através do telefone (54) 3045-9064.

Curso para atendentes
A CDL realizará de 09 a 11 de janeiro, das 19h30 às 22h30, o curso “Excelência no Atendimento ao Público”. O curso ministrado pela instrutora Graciela Colle atenderá demandas referente a prática e a importância do papel dos atendentes no resultado das empresas através de conteúdos como: papel dos atendentes como agente facilitador, atitude com superiores e colegas, atendimento telefônico e pessoal, etiqueta profissional, comunicação eficiente, administração do tempo, entre outros. O curso é direcionado para profissionais que já atuam com o público focando no desenvolvimento de competências. Informações pelo telefone (54)3045-8834 ou cdldesenvolvimento@cdl-pf.com.br.

Gesp
Na manhã da última sexta-feira, dia 28 de dezembro, o Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas (Gesp) teve uma reunião na Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Na ocasião, entregaram ao então secretário, Clóvis Alves, um livro em agradecimento aos trabalhos realizados para a regularização da primeira Unidade de Conservação de Passo Fundo, a Reserva Biológica Arlindo Haas, o que é considerada uma das mais importantes lutas das instituições ambientalistas ecológicas de Passo Fundo, representadas pelo Gesp e pela Sociedade Botânica de Passo Fundo.

Hospitais I

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) começa a testar este mês indicadores de qualidade de hospitais privados brasileiros. A fase inicial segue até junho e vai contar com a participação voluntária de 42 hospitais – 13 no Rio de Janeiro, 18 em São Paulo, cinco em Minas Gerais, um no Espírito Santo, dois em Santa Catarina, um no Rio Grande do Sul, um na Paraíba e um no Distrito Federal. De acordo com a ANS, as unidades de saúde serão submetidas a avaliações mensais relacionadas, por exemplo, a níveis de infecção, mortalidade e padrão de cirurgia segura. Ao todo, serão analisados 26 indicadores de qualidade do atendimento ao paciente.

Hospitais II
Os hospitais que apresentarem bom desempenho vão receber um selo de qualidade da agência, identificado pela letra Q, que deverá ficar ao lado do nome do estabelecimento na lista de prestadores de serviços que fazem parte dos livros e portais das operadoras de planos de saúde. A expectativa da ANS é que, a partir de julho, com o fim da fase de testes, a avaliação se torne obrigatória para todos os hospitais das redes próprias das operadoras de planos de saúde e opcional para os demais estabelecimentos.

Câmbio
As saídas de dólares do país superaram as entradas, em dezembro, até a última sexta (28), em US$ 6,755 bilhões, informou hoje (3) o Banco Central (BC). Os dados de todo o mês de dezembro, com o acréscimo do último dia útil do ano (31), serão divulgados pelo BC na próxima quarta-feira (9). O saldo negativo maior veio do fluxo comercial (operações relacionadas a exportações e importações), com US$ 4,276 bilhões. O financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações) registrou saldo negativo de US$ 2,479 bilhões, no mês passado, até o dia 28.De janeiro a 28 de dezembro, o fluxo cambial ficou positivo em US$ 16,753 bilhões, contra US$ 65,279 bilhões registrados nos 12 meses de 2011. De acordo com o dado parcial, o fluxo financeiro ficou positivo em US$ 8,380 bilhões, neste ano até 28 de dezembro. O comercial também teve resultado positivo, de US$ 8,373 bilhões.

Chuvas no Rio de Janeiro
O temporal que atingiu Xerém, distrito de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, provocou uma morte e centenas de pessoas tiveram de sair de casa. A chuva forte começou por volta das 2h da madrugada desta quinta-feira. O nível dos rios e córregos da região subiu rapidamente. A correnteza arrastou casas inteiras, deixou carros empilhados e destruiu quatro pontes.

BR 285
As obras de duplicação da BR 285 foram retomadas na quinta-feira (03). Durante a tarde, alguns operários e máquinas trabalhavam em frente a Polícia Rodoviária Federal, próximo ao trevo da UPF.

Gostou? Compartilhe