OPINIÃO

54 anos de Henrique Stédile

Por
· 2 min de leitura
Foi em 1959 que o casal Henrique Antônio Stédile e Lilia Taufer Stédile aqui chegaram após adquirir uma grande a produtiva área que denominou "Fazenda Santo Isidoro" no então distrito, hoje muniFoi em 1959 que o casal Henrique Antônio Stédile e Lilia Taufer Stédile aqui chegaram após adquirir uma grande a produtiva área que denominou "Fazenda Santo Isidoro" no então distrito, hoje muni
Foi em 1959 que o casal Henrique Antônio Stédile e Lilia Taufer Stédile aqui chegaram após adquirir uma grande a produtiva área que denominou "Fazenda Santo Isidoro" no então distrito, hoje muni
Você prefere ouvir essa matéria?

Um pioneiro na agricultura e pecuária modernas

Foi em 1959 que o casal Henrique Antônio Stédile e Lilia Taufer Stédile aqui chegaram após adquirir uma grande a produtiva área que denominou "Fazenda Santo Isidoro" no então distrito, hoje município , de Coxilha. É produtor de sementes, usando as mais avançadas técnicas, de Trigo, Soja, Triticale, Feijão e Aveia Branca. Sempre contou com o apoio da esposa Lilia até que os filhos, formados e adultos, viessem, consigo, engrossar a luta na agropecuária, tornando sua marca famosa e disputada, até nossos dias. Na foto Henrique e sua esposa Lilia, quando aqui chegaram.

 A soja tornou-se no principal produto da economia brasileira. Sem conhecer os avanços, Stédile conseguia o máximo de 600 quilos por hectare. Utilizando-se da chamada "Operação Tatu", passou dos 600 para 3000 quilos e tornou-se um dos maiores pordutores de sementes, fundando a APASSUL e sendo seu 1º presidente, somando 3 gestões, figurando como membro da Associação dos Produtores e Sementes do Brasil. Produz sementes há mais de 40 anos,certificadas e fiscalizada no padrão da CESM/RS. Sua propriedade tem servido de modelo, tendo aqui vindo o Ministro da Agricultura Antônio Carrara com o secretario Aldo Pinto, que vemos na foto acima, no auge  do cultivo da soja no Brasil.

 A II Efrica em l968, teve sementes premiadas com diplomas e troféus e também o seu plantel de animais  teve destacada participação. Sua exposição foi visitada pelo governador Walter Peracchi de Barcellos que vemos na foto, com a presença da Miss Rio Grande do Sul daquele ano, a jovem Elizabeth Finardi, nossa representante. Também na foto o vereador Fidencioso Franciosi e o Bispo Dom Cláudio Colling.

O milho é outra cultura que a família Stédile consegue num sistema dos mais produtivos, abastecendo com sementes boa parte do Brasil. Finalmente a produção de leite ingressou neste fantástico clima depois de terem alguns exemplares para o consumo da família e empregados. Hoje possui vacas e novilhas importadas com fábrica da ração própria sob a responsabilidade do agrônomo e filho de Henrique, Fernando. Iniciou com 92.000 litros ano, em l992 e em 2012 chegou a 5 milhões de litros com 600 vacas em lactação produzindo 18.000 litros/dia. Os filhos Fernando Henrique e Joacir aqui residem e os outros 2, Edemar Antônio e Paulo, no Mato Grosso com grandes e selecionados plantéis. Na foto os 4 filhos, as noras e netos com  Henrique e senhora Lilia, nas bodas de ouro do casal.

Outro brigadiano que deu certo
Na última edição desta página, analisando a vitória do brigadiano Márcio Tassi para a presidência do Legislativo disse que um outro brigadiano, o médico Adro Linhares havia conseguido eleger-se também. Deixei de mencionar outro brilhante militar que foi o Tenente Coronel Octacílio de Moura Escobar que presidiu, também, nossa Câmara Legislativa e comandava nosso Regime na época. Na foto, ao lado do Bispo Dom Cláudio Colling, ele preside sessão solene de cidadania do padre Paulo Farina, lei de minha autoria. Estou saudando os presentes, como autor da Lei, com o radialista Dino Rosa. ( Arq. MD).

O passado na fotografia
Última visita do renomado médico, Sabino Arias ao Hospital São Vicente de Paulo, ele que faleceu ao final de 2012. Na foto Félice Sana, Sabino Arias, Dom Cláudio Colling e os médicos Sérgio Lângaro e Rudah Jorge.( Arq. MD).

A inauguração do Seminário Nossa Senhora Aparecida 
Na inauguração do Seminário Nossa Senhora Aparecida, vemos o vereador Ernesto Scortegagna, Prefeito Wolmar Salton, Arcebispo Dom Vicente Scherer, comandante da unidade do Exército, Major Piaguaçu Soares e o secretário Firmino Girardello quando lhe entreguei exemplares de O Nacional. ( Arq. MD.).  

Gostou? Compartilhe