Museu de Artes Visuais Ruth Schneider e o Museu Histórico Regional serão revitalizados

Prefeito já autorizou o processo de contratação da empresa responsável pela obra

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A revitalização de espaços públicos é uma das principais frentes de ação do governo municipal. Em busca de cuidar do patrimônio histórico e cultural da cidade, a Prefeitura de Passo Fundo realizará com recursos próprios a restauração parcial do prédio da Antiga Intendência, onde funcionam o Museu de Artes Visuais Ruth Schneider (MAVRS) e o Museu Histórico Regional (MHR). O prefeito Luciano Azevedo autorizou o processo de contratação da empresa responsável da obra.

Após a revitalização do Teatro Municipal Múcio de Castro, a iniciativa voltada aos museus devolverá à comunidade mais um importante ambiente que compõe o Espaço Cultural Roseli Doleski Pretto, que engloba ainda a Academia Passo-Fundense de Letras e a Biblioteca Pública Municipal Arno Viuniski, que também já recebeu intervenções de reforma pela atual administração.

Para Luciano, a revitalização de espaços públicos é uma forma de a população usufruir e fazer parte do que é de Passo Fundo e da memória construída ao longo dos anos. “Nossa primeira ação foi para a biblioteca, recentemente, entregamos as novas instalações do teatro e, agora, será a vez dos museus. Novamente, é mais um momento de comemoração para a comunidade”, ressaltou.

O projeto
Entre os serviços realizados no prédio de 400 metros quadrados dos museus estão: a restauração das fachadas com recuperação de argamassas, infiltrações e esquadrias, correções no telhado, limpeza, pintura, iluminação externa e nova marquise. De acordo com a secretária de Planejamento, Ana Paula Wickert, as cores que serão utilizadas foram definidas a partir do processo de prospecção pictórica, que consiste na raspagem de camadas para encontrar a cor mais antiga.

A memória artística e histórica de Passo Fundo
O prédio do MAVRS e do MHR está localizado na Avenida Brasil, antiga Rua do Comércio. A estrutura, construída entre 1909 e 1911, pelo construtor Luiz Ricci, foi inaugurada em 25 de julho de 1911, durante a administração do Cel. Gervásio Lucas Annes. Até 1930, o espaço serviu de sede da Intendência Municipal, que, posteriormente, mudou a nomenclatura para Executivo Municipal.

Tombado pelo Poder Público pela Lei Municipal n° 2608/90 desde 1990, o espaço também integra o Patrimônio Histórico e Cultural do Estado do Rio Grande do Sul, pela Lei nº 12.993, de 13 de junho de 2008. Ao lado do Teatro Municipal Múcio de Castro, da Academia Passo-Fundense de Letras e da Biblioteca Pública Municipal Arno Viuniski, o Museu de Artes Visuais Ruth Schneider e o Museu Histórico Regional integram o Espaço Cultural Roselli Doleski Pretto.

Gostou? Compartilhe