OPINIÃO

Teclando

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

 Globalização do conhecimento

O planeta vive em evolução ininterrupta. Os humanos, que se auto-intitulam donos do pedaço, também estão sempre evoluindo. Mas evoluir não é um simples crescimento materialista ou uma síndrome desenvolvimentista. A evolução é um avanço que transcende conceitos e não tropeça em preconceitos. Evoluir é obter novos conhecimentos e saber aproveitá-los. A ciência vem tendo uma evolução fantástica, nos propiciando qualidade de vida e suporte físico para o crescimento espiritual. A tecnologia nos transformou em seres conectados e interligados, derrubando barreiras e eliminando distâncias. Ao mesmo tempo, despencaram preconceitos e vivemos num novo mundo. Surgiu uma nova globalização, que sucedeu à multinacionalização. É a globalização do conhecimento. Mas será que estamos preparados para isso?

Libertinagem

Lidar com a tecnologia não é nenhuma barbada. E não estou falando apenas em manusear os equipamentos e suas novidades. Ainda não aprendemos a lidar com a instantaneidade da informação. Nos Faces e Whats da vida, rola de tudo e mais um pouco. Filmam e fotografam pessoas morrendo, corpos ensanguentados, brigas familiares e as mais explícitas intimidades. E distribuem essas imagens que logo se espalham em razão geométrica. As pessoas confundem liberdade com libertinagem. Não há respeito à privacidade e nem limites. Isso não é apenas um despreparo. É a falta ou a não evolução da educação que vem de berço.

 Veracidade

Mas um grave problema está relacionado à veracidade das informações. As pessoas recebem uma mensagem e, cheias de convicção, não param para pensar e imediatamente repassam para os amigos. Dentre tantos, alguns boatos até viraram “notícia”. É o caso do fake de 1,8 milhões de refugiados que chegariam ao Brasil em13 navios. Ou sobre quem rouba celular até o valor de R$ 500 não seria mais preso. Além dessas baboseiras, surgem comentários de pessoas bem articuladas, passando a maior credibilidade para dizer algo inverídico. E muita gente esclarecida embarca nessa, como se a suposta análise fosse verídica.

 Guerrilha

Além do despreparado de muitas pessoas, ainda temos que enfrentar a má-índole daqueles que fomentam uma guerrilha de inverdades. Isso ocorre exatamente num momento em que as instituições estão fragilizadas. É claro que por trás disso há interesses, da concepção à distribuição. Mas quem tiver um pingo de bom senso pode evitar esse tipo de propagação. Basta parar para pensar um pouco ao receber uma dessas informações bombásticas. Ainda vigora o princípio de que a sua lógica vale mais do que uma postagem estranha. Mas, ao que parece, ainda não estamos preparados para conviver com novos conhecimentos. Ou seriam os neurônios que atravessam uma coletiva crise de identidade?

 Aeroclube

Mais do que simplesmente ensinar a voar, o Aeroclube de Passo Fundo está preparando profissionais para a aviação. Na semana passada, dois jovens pilotos foram convocados para uma segunda etapa de testes na Azul Linhas Aéreas. Egressos do curso de Piloto Privado, eles também concluíram o curso de Ciências Aeronáuticas da PUC. O Aeroclube terá uma nova turma, em agosto, com aulas teóricas noturnas. Alunos de hoje, comandantes de amanhã.

 Trilha sonora

Voltando a 1979 com Carly Simon: Just Like You Do 

Use o link ou clique o QR code

https://goo.gl/xX9iE4

 

 

Gostou? Compartilhe