OPINIÃO

Teclando

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A unidade na prática
Com o passar do tempo, as entidades de classe acabam sendo mutantes. As mudanças externas determinam uma metamorfose compulsória. Esses ajustes são necessários para acompanharem a sociedade e também para evoluírem. Porém, muitas corporações acabam sofrendo desvios nos seus princípios estruturais. Isso ocorre por questões políticas externas e internas. Pelo que acompanho há mais de três décadas, o Sinduscon de Passo Fundo vem conseguindo preservar seus objetivos fundamentais. Certamente, a unidade interna é o grande segredo para manter o sindicato forte e sem perder o rumo. Há, na prática, uma tradição quase monárquica, pois a entidade segue o mesmo plano de voo traçado no briefing de sua fundação. Mudam os dirigentes, persistem os princípios. Isso ficou claro na confraternização interna, realizada na sexta-feira, no discurso uníssono de várias gerações. Eduardo Mattevi, um dos idealizadores, o presidente Leonardo Gehlen e o vice-presidente Fernando Lângaro usaram a mesma linguagem da unidade. Como na obra de Alexandre Dumas, prevalece o grito de um por todos e todos por um. O importante é que isso não fica apenas nas palavras. Esta é a conduta e o exercício prático no cotidiano do Sinduscon. Um exemplo de unidade interna que merece um olhar externo.

Bem-vindos a bordo
No próximo dia 21 de dezembro reiniciam os voos sazonais da Azul. É a ponte área de verão entre Passo Fundo e Florianópolis. As operações serão com o turboélice ATR-72. Para dezembro estão programados voos nas sextas-feiras e domingos. Na quarta-feira, dia 26, haverá um único voo com o confortável jato Embraer 195. A partir de janeiro serão três frequências semanais. As tarifas oscilam muito de acordo com a data, incluindo passagens a partir de R$ 141,88. Mas, como aquilo que é bom dura pouco, a brincadeira acaba em 03 de fevereiro. Então, aproveitem as férias para chegar à praia voando.

Amizade
É impressionante o volume de convites de amizade que recebo de lindas garotas no Facebook. Não conheço nenhuma delas, mas observo que quase todas elas trabalham na mesma empresa. É uma tal de GP. Assim, eu fico na dúvida: sou muito charmoso ou os meus cabelos grisalhos seriam indicativo de um cliente em potencial? Pouco importa, pois o que vale é a amizade. E faz bem para o ego.

Iracélio
O Iracélio não é Papai Noel, mas está cheio de encomendas. Além disso, a van do Turcão vem sendo bastante requisitada. Esses dias levou um pessoal a Carazinho e aproveitou para reencontrar amigos e parentes, que estão torcendo pelo seu sucesso. Envaidecido, Iracélio dava o seu recado: “logo, logo vocês vão me ver na coluna da Céia”.

Réplica
Será que um dia veremos uma réplica da estátua do Teixeirinha em Nova Iorque? Além do cantor, também seria uma homenagem ao artista Paulo de Siqueira. Por que não?

Trilha sonora
Já que o fingerstyle está em alta, aproveito uma dica do Ivo Sousa, o ‘OJ’. O violão percursivo do polonês Marcin Patrzalek: Quinta Sinfonia de Beethoven
Use o link ou clique
https://bit.ly/2G6XiqF

 

Gostou? Compartilhe