Falta de recursos pode inviabilizar Jornada Nacional de Literatura

Com o atraso na publicação do edital da Lei Rouanet, captação de verba foi prejudicada

Por
· 2 min de leitura
Em 2015, a Jornada Nacional de Literatura foi cancelada por falta de verbasEm 2015, a Jornada Nacional de Literatura foi cancelada por falta de verbas
Em 2015, a Jornada Nacional de Literatura foi cancelada por falta de verbas
Você prefere ouvir essa matéria?

Faltando cerca de três meses para o início de um dos maiores eventos literários do país, a falta de recursos financeiros pode inviabilizar a realização da 17ª Jornada Nacional de Literatura e 9ª Jornadinha Nacional de Literatura. Em 2015, a edição foi cancelada por falta de verbas.

 

Promotora do evento cultural em parceria com a Prefeitura Municipal de Passo Fundo, a Universidade de Passo Fundo (UPF) esclareceu, em nota encaminhada à imprensa na tarde de sexta-feira (28), que, apesar dos esforços necessários à realização da Jornada estarem sendo despendidos, a conjuntura econômica “impõe cautela nas mais diferentes áreas”. “Apesar de terem sido efetivadas inúmeras tratativas concernentes à organização e à realização das Jornadas Literárias, ainda existem muitas indefinições que não garantem os recursos necessários para sua execução”, declarou a instituição.

 

No final do mês de abril, um dos coordenadores das Jornadas Literárias, Miguel Rettenmaier, afirmou em entrevista ao jornal O Nacional que, embora o governo federal tenha estipulado o teto de R$ 1 milhão para a captação de recursos através da Lei Rouanet, o atraso na publicação do edital que regulamenta os recursos de incentivo à cultura é o que mais prejudica a realização do evento. “Foi publicada a portaria, mas o sistema ainda não está recebendo os projetos e isso nos impacta. A partir daí, teremos que correr muito contra o tempo para conseguir realizar aquilo que pretendemos”, declarou, à época.

 

Ainda em comunicado, a UPF assegurou que, na segunda-feira (1º), as entidades promotoras das Jornadas Literárias estarão em reunião para debater a conjuntura dos fatos. “Entre as pautas, estão a possibilidade de manter a data de 30 de setembro a 4 de outubro de 2019, ou de postergá-la”, revelou. Desse encontro, espera-se uma posição coletiva sobre a realização do projeto.

 

Em Brasília
Em março, integrantes da comitiva da Jornada Nacional de Literatura estiveram em Brasília para viabilizar a realização da 17ª edição da Jornada e da 9ª Jornadinha. A reitora da Universidade de Passo Fundo (UPF), Bernadete Maria Dalmolin; o prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo; o vereador Patric Cavalcanti; e representantes da prefeitura reuniram-se com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), em uma agenda de apoio à concretização do evento.


Temática em quatro eixos
Nessa edição, a Jornada Nacional de Literatura prevê a abordagem de quatro conceitos em aberto, segundo Rettenmaier: diversidade, conexões, liberdade e futuro. Na edição passada, o evento homenageou Clarice Lispector, Carlos Drummond de Andrade, Ariano Suassuna e Moacyr Scliar. Assim como em 2017, o escritor Felipe Pena é um dos intelectuais previstos para integrar a programação. A presença da autora Bruna Lombardi também está confirmada pela comissão organizadora.

 

Confira a nota na íntegra
A Universidade de Passo Fundo (UPF) informa que, juntamente com a Prefeitura de Passo Fundo, está comprometida com a realização e a continuidade das Jornadas Literárias e reitera que estão sendo despendidos todos os esforços possíveis para garantir mais esta edição. No entanto, a conjuntura econômica nacional impõe cautela nas mais diferentes áreas. Além disso, a instituição registra que, apesar de terem sido efetivadas inúmeras tratativas concernentes à organização e à realização das Jornadas Literárias, ainda existem muitas indefinições que não garantem os recursos necessários para sua execução.
Nesse sentido, na próxima segunda-feira (01/07), representantes da UPF e da Prefeitura Municipal – promotoras das Jornadas Literárias – realizam encontro para discutir a 17ª edição da Jornada Nacional de Literatura e da 9ª edição da Jornadinha Nacional de Literatura. Entre as pautas, estão a possibilidade de manter a data de 30 de setembro a 4 de outubro de 2019, ou de postergá-la.

Gostou? Compartilhe