Segunda apresentação da Cantata Natalina acontece no domingo

Por
· 1 min de leitura
Neste ano, a Cantata unificou as apresentações em dois estados e duas cidades, além de Passo FundoNeste ano, a Cantata unificou as apresentações em dois estados e duas cidades, além de Passo Fundo
Neste ano, a Cantata unificou as apresentações em dois estados e duas cidades, além de Passo Fundo
Você prefere ouvir essa matéria?

“Ai, dá um frio na barriga. Eu fico emocionada”. Essas palavras, tão comuns às vésperas de apresentações, são ouvidas pelas irmãs cerca de 10 meses antes do abrir de janelas do Colégio Notre Dame para o início dos espetáculos da Cantata Natalina. Os pequenos artistas, todos estudantes da rede de educação Notre Dame, manifestam os sentimentos com antecipação até a chegada da hora de entoar os cânticos natalinos ensaiados ao longo de todo ano, como deve ocorrer pela segunda vez, no domingo (1º), quando a fachada do educandário se ilumina para a penúltima apresentação do já tradicional evento alusivo ao Natal.

Inspirada pelas apresentações natalinas de Curitiba, como conta a Irmã Mirtes Helena Roman, a Cantata Natalina surgiu no cenário cultural e artístico passo-fundense em 2007 como um presente da Congregação de Nossa Senhora à cidade que, à época, completava 150 anos. Em mais de uma década, as vozes infantis são ouvidas pela comunidade em datas pensadas quase em paralelo com o término de uma edição. Neste ano, o coro composto por cerca de 500 artistas, entoa palavras de generosidade. “Sempre é um tema que traz conteúdo remetendo aos valores”, explica a religiosa sobre a escolha do eixo que norteia as celebrações. “Desde o início, Deus pensou o mundo com generosidade e é um valor muito ligado ao Natal”, prossegue.
A edição anual, aliás, se expandiu para dois outros estados e duas cidades, além de Passo Fundo. “Como trabalhamos em rede, aconteceu a unificação onde cada escola tem as suas especificações”, diz a Irmã. Em datas coordenadas, a Cantata Natalina acontece em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e em Carazinho. “É uma experiência que só quem experimenta consegue explicar”, analisa ela. “A Cantata não é só do Colégio Notre Dame, mas é da comunidade”, pontua.

Alteração no trecho
No domingo (01), os espectadores poderão prestigiar a segunda apresentação do espetáculo norteado pela Generosidade. Em decorrência da representação, iniciada às 21h, o tráfego na Avenida Brasil, no trecho compreendido entre as ruas Teixeira Soares e 10 de abril, será interrompido das 18h às 23h.

 


Gostou? Compartilhe