Com pedido de novo AI-5, manifestantes realizam ato pró-governo em Passo Fundo

Concentração ocorre na Praça da Mãe ao longo deste domingo (15)

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Com pedido de um novo AI-5, decreto da Ditadura que fechou o Congresso Nacional e ampliou a censura no Brasil em 1968, um grupo de manifestantes realiza, ao longo da tarde deste domingo (15), um ato em defesa do governo do presidente Jair Bolsonaro.

A pauta, unificada com as demais cidades do país, se volta contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF). Reunidos na Praça da Mãe, em Passo Fundo, e vestidos com as cores da bandeira nacional, os apoiadores expressam as reivindicações em cartezes e faixas em dizeres como "Bolsonaro governa ou AI-5 neles" e "o vírus que mais mata no Brasil é a corrupção", em alusão ao pedido feito pelo próprio Chefe de Estado para que os atos fossem repensados no cenário de pandemia do novo coronavírus.

Bolsonaro reage

Quatro dias após ter negado a convocação para as manifestações, que gera desgaste entre o Planalto e o Congresso pelas pautas defendidas nos atos populares, o presidente Jair Bolsonaro compartilhou no perfil que mantém na rede social Twitter vídeos das carreatas e concentrações em diversas cidades do país.

No início da tarde, o próprio presidente contrariou a orientação das agências de saúde e deixou o isolamento em que estava até o resultado do segundo exame feito para investigação de um suposto quadro de coronavírus e juntou-se aos manifestantes no protesto. Sem máscara e após pouco mais de uma hora, o presidente retornou ao Palácio do Planalto sob gritos de 'mito'. 

Gostou? Compartilhe