Centros comerciais reabrem a partir desta sexta-feira

Decreto publicado na quinta-feira não abrange shopping centers de Passo Fundo, que devem retomar o funcionamento apenas na próxima semana, caso a região mantenha classificação de bandeira laranja

Escrito por
,
em
Divulgação/ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Prefeitura de Passo Fundou autorizou a reabertura de centros comerciais e galerias do município a partir desta sexta-feira (22). O decreto que permite a retomada do funcionamento foi publicado na tarde de quinta-feira. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Eduardo Lopes da Silva, a decisão foi adotada pelo Município levando em consideração as características desses espaços, que teriam comportamento semelhante ao do comércio de rua. “A adequação foi feita em virtude dessa prerrogativa”, observou. As regras para reabertura incluem práticas de higienização, horários ou setores exclusivos para clientes com idade superior a 60 anos, atendimento com equipe reduzida de trabalhadores (50%) e controle de entrada nos estabelecimento, que não pode exceder a proporção máxima de até 50% da lotação.

A determinação não abrange a situação dos shopping centers de Passo Fundo, que ainda está sendo analisada. A expectativa é de que um decreto municipal específico para os shoppings seja publicado neste domingo, autorizando a retomada do setor a partir de segunda-feira (25), caso o governador Eduardo Leite mantenha a região de Passo Fundo sob a classificação de bandeira laranja. A análise da situação epidemiológica das regiões gaúchas, conforme o plano de distanciamento social controlado adotado pelo Governo, acontece sempre aos sábados. “Nós já vínhamos realizando reuniões com o setor, sempre na perspectiva de elaborar protocolos e limitadores para uma eventual retomada dos shoppings. Agora, adiantamos esses encontros [originalmente, no calendário de retomada das atividades econômicas do município, a reabertura dos shoppings estava prevista para o dia 1º de junho] porque deslumbramos que, em uma eventual manutenção de bandeira, já temos condições de pensar na retomada”, explica Silva.

De acordo com a Prefeitura de Passo Fundo, nesta semana, durante reunião com o Executivo para discutir propostas de retomada das atividades, os representantes do setor se comprometeram a cumprir um protocolo rigoroso e sugeriram atender, inicialmente, com público e horários reduzidos. O secretário de Desenvolvimento Econômico destaca que, em todos os municípios gaúchos inseridos em regiões com bandeiras amarela e laranja, os centros já voltaram a funcionar, atendendo a exigências impostas pelo governo estadual. Em Passo Fundo, os shoppings estão fechados há cerca de 60 dias. “Aqui, a reabertura está sendo estudada com os protocolos de funcionamento que serão adotados pelas empresas. Passo Fundo demorou um pouco mais para autorizar, em comparação com outros municípios, em razão do número de óbitos e de casos confirmados na cidade. Mas, agora, a gente acredita que os shoppings têm condições de uma retomada gradual”, esclarece.

A Prefeitura analisará os protocolos em que estão elencados os critérios que serão utilizados pelos centros nos próximos dias. Entre as medidas apresentadas, estão a redução de público para 20% da capacidade, o horário de funcionamento das 12h às 18h e a higienização frequente e adequada das áreas, além da medição de temperatura nas entradas do espaço. Apesar dos cuidados, Silva reitera que tudo ainda depende de como se dará o avanço do coronavírus no município e os dados que serão apontados pelo governador neste sábado. “Mantendo-se a bandeira laranja e não havendo problemas maiores, sem surpresas, a perspectiva é de reabertura”.

Restaurantes e Feira do Produtor

Os restaurantes (à la carte) e a Feira do Produtor também poderão voltar a atender o público a partir do dia 25 de maio, caso Passo Fundo se mantenha na bandeira laranja. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, uma nova reunião para acertar os últimos detalhes sobre a reabertura deve ser realizada nesta sexta-feira. “Será uma retomada bastante gradual, com limitação de horários, deslumbrando a garantia de controle no fluxo de pessoas para evitar aglomerações e não possibilitar a transmissão do vírus, porque isso prejudicaria nossos indicadores e representaria um risco para a saúde pública”, adianta.

Não há previsão de retorno para estabelecimentos como centro de eventos, bares noturnos e boates. Segundo Silva, estes devem ser os últimos a reabrirem, por serem ambientes caracterizados pela aglomeração de pessoas. “Também teremos dificuldades escolares. Isso tudo ainda está sendo estudado”, comenta.

Decisão do Estado
O governo estadual definiu, na semana passada, que os municípios localizados em regiões classificadas com bandeiras amarela e laranja podem autorizar a retomada das atividades dos shopping centers. Cidades como Canoas e Pelotas já permitem o funcionamento, assim como Porto Alegre, que liberou a abertura a partir da última quarta-feira (20). Todos os estabelecimentos precisam adotar medidas rígidas de higienização, prevenção e controle de pessoas, conforme determinações estaduais.
Embora as atividades tenham sido liberadas pelo governo do Rio Grande do Sul, cabe aos municípios que estão com os centros fechados permitir a reabertura. A Prefeitura de Passo Fundo, que, atualmente, em região laranja, chegou a ser classificada com bandeira vermelha na primeira avaliação do Estado, tomará a decisão com cautela. Na cidade, os estabelecimentos estão fechados desde o mês de março, como ação para frear os casos de coronavírus.

Gostou? Compartilhe