Passo Fundo é classificada em bandeira vermelha no mapa preliminar

A regiões está prestes a completar dois meses em bandeira vermelha

Por
· 2 min de leitura
Quatro regiões do estado estão com bandeira laranja (Imagem: Divulgação)Quatro regiões do estado estão com bandeira laranja (Imagem: Divulgação)
Quatro regiões do estado estão com bandeira laranja (Imagem: Divulgação)
Você prefere ouvir essa matéria?

Passo Fundo foi classificada novamente em bandeira vemelha no mapa preliminar da 38ª semana do Distanciamento Controlado. A região completa dois meses em classificação de risco alto no domingo (24).

Passo Fundo pode enviar pedido de reconsideração ao mapa preliminar até as 6h de domingo (24/1). A região é adepta da cogestão, portanto pode seguir aplicando os protocolos de bandeira laranja.

Passo Fundo segue entre as regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, com 95 internações. As demais regiões são Porto Alegre (171), Caxias do Sul (132), Santa Maria (77), Canoas (73) e Pelotas (71)..

Estado

O mapa preliminar, divulgado nesta sexta-feira (22/1), reflete a alteração de indicadores monitorados pelo sistema estadual de enfrentamento à pandemia, com leve queda de internações e óbitos por Covid-19.

Com isso, a classificação prévia traz quatro regiões com bandeira laranja. Ainda assim, a grande maioria das regiões segue em bandeira vermelha, ou seja, com risco alto para esgotamento da capacidade hospitalar e velocidade de propagação do vírus no Estado. As 17 regiões em vermelho somam 78,4% da população gaúcha, enquanto no mapa anterior eram 86% dos habitantes nas 19 regiões.

Para o total do Rio Grande do Sul, houve redução no número de pessoas confirmadas com Covid em leitos clínicos (-9%) e estabilidade nos internados em UTI. Foi registrada, ainda, estabilidade no número de casos ativos e, no acumulado desta semana, considerável redução dos óbitos (-19%).

Nesta 38ª rodada do Distanciamento Controlado também ocorreu redução no número total de leitos de UTI ocupados. Na semana 36, havia 2.630 leitos de UTI; na 37, 2.640, e na atual, 2.660. Contabilizando o aumento do total de leitos e a estabilidade dos confirmados com Covid-19 em UTI, a razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19 se elevou para 0,77; era 0,71 (semana 37) e 0,70 (semana 36).

Mesmo com o início do plano de vacinação, a secretária da Saúde, Arita Bergmann, reforça que a pandemia não acabou, e o mapa preliminar continua refletindo a gravidade da situação do Rio Grande do Sul.

“A vacina chegou, mas a quantidade ainda é pequena diante da população que deverá ser vacinada. Portanto, mais uma vez, salientamos a importância do cuidado individual, com o próximo, do uso dos equipamentos de proteção, especialmente a máscara, de lavar as mãos com frequência, usar álcool em gel e ter cuidados básicos. O mapa de hoje revela justamente que a maioria das regiões está em risco alto. Toda a população deve continuar em estado de alerta porque o vírus segue circulando”, afirma Arita.

Na segunda-feira (18/1), o governo do Estado recebeu do Ministério da Saúde um lote de 341,8 mil unidades da Coronavac, vacina fabricada pelo Instituto Butantan em parceria com o Sinovac. Inicialmente, foram distribuídas 170,8 mil doses, aproximadamente a metade do recebido. A outra parcela ficou armazenada para a aplicação da segunda dose da vacina, já que o governo federal não estipulou previsão de outra remessa de vacinas.

Neste momento, o público a ser vacinado são profissionais de saúde da linha de frente em hospitais, da área da atenção básica e rede de urgência e emergência, pessoas acima de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) e populações indígenas aldeadas).

RESUMO DA 38ª RODADA

Regiões que apresentaram piora (1)

LARANJA > VERMELHA

  • Guaíba

Regiões que continuaram iguais (17)

LARANJA

  • Caxias do Sul (em cogestão)

VERMELHA

  • Canoas (em cogestão)
  • Capão da Canoa (em cogestão)
  • Cruz Alta (em cogestão)
  • Erechim (em cogestão)
  • Ijuí (em cogestão)
  • Lajeado (em cogestão)
  • Novo Hamburgo (em cogestão)
  • Palmeira das Missões (em cogestão)
  • Passo Fundo (em cogestão)
  • Porto Alegre (em cogestão)
  • Santa Cruz do Sul (em cogestão)
  • Santa Maria
  • Santa Rosa (em cogestão)
  • Santo Ângelo (em cogestão)
  • Taquara (em cogestão)
  • Uruguaiana

Regiões que apresentaram melhora (3)

VERMELHA > LARANJA

  • Bagé (em cogestão)
  • Cachoeira do Sul (em cogestão)
  • Pelotas (em cogestão) 
Gostou? Compartilhe