Idosa que se fantasiou para receber vacina morre por Covid-19 antes de tomar a segunda dose

Familiares lamentaram a morte nas redes sociais

Por
· 1 min de leitura
Dona Zelinda era professora aposentada e sempre gostrou de fantasias (Foto: Diogo Zanatta/Arquivo ON)Dona Zelinda era professora aposentada e sempre gostrou de fantasias (Foto: Diogo Zanatta/Arquivo ON)
Dona Zelinda era professora aposentada e sempre gostrou de fantasias (Foto: Diogo Zanatta/Arquivo ON)
Você prefere ouvir essa matéria?

Personagem de capa na edição de 17 de fevereiro do ON, por ter ido receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19, fantasiada de máscara e alguns adereços, em plena terça-feira de Carnaval, dona Zelinda Galeazzi Poma, 85 anos, faleceu hoje (23), vítima da Covid. Ela deveria receber a segunda dose na semana passada, mas não teve tempo. Antes do prazo, adoeceu e precisou ser internada no dia seguinte.

Na oportunidade em que recebia a primeira dose, no CTG Lalau Miranda, a sobrinha, Nelita Maria Zanatta, contou à reportagem que a tia sempre gostou de fantasias e demonstrava o desejo de ser vacinada contra a Covid. O registro da vacinação foi feito pelo sobrinho e afilhado de Zelinda, o fotógrafo Diogo Zanatta, que lamentou a perda da familiar pelas redes sociais. 

“Todo santo dia morre algum amigo ou algum conhecido com alguma relação a covid-19. TODOS OS DIAS. Hoje foi minha querida tia e madrinha Zelinda que nos deixou. É muito triste. Vai em paz, Tia Zefa. Obrigado por tudo e por tanto”, lamentou.


Gostou? Compartilhe