Passo Fundo apresenta uma das maiores coberturas vacinais contra a Covid-19 no Estado

85,1% das vacinas recebidas foram utilizadas na imunização da população e registradas no sistema nacional

Por
· 2 min de leitura
Foto: Arquivo/Agência BrasilFoto: Arquivo/Agência Brasil
Foto: Arquivo/Agência Brasil
Você prefere ouvir essa matéria?

Dados do Governo do Estado apontam que Passo Fundo está entre as cinco cidades gaúchas que mais vacinaram contra a Covid-19. Entre as 15 cidades mais populosas do Rio Grande do Sul, com 201.767 habitantes, é a que possui a maior cobertura vacinal da população e a que apresenta o maior índice de aplicação e registro das doses com relação ao quantitativo recebido.

O prefeito Pedro Almeida (PSB) considera os esforços realizados pelo Município para acelerar e dar transparência à vacinação. “Acreditamos que a vacinação é essencial no enfrentamento da pandemia e, por isso, buscamos dar agilidade a todos os processos. Estamos atentos a todas as orientações estaduais e exigências do Ministério da Saúde e adotamos estratégias que possam otimizar a cobertura dos grupos prioritários, seja na definição de locais que atendam às necessidades e de profissionais envolvidos em cada etapa”, declara.

De acordo com o Painel de Vacinação da Secretaria de Saúde e a assessoria de imprensa da PMPF, Passo Fundo, a 12ª cidade com mais habitantes, recebeu 38.897 unidades e aplicou, entre primeiras e segundas doses, 31.395. Ou seja, 85,1% das vacinas recebidas foram utilizadas na imunização da população e registradas no sistema nacional que reúne as informações sobre a cobertura vacinal. Ao todo, 11.2% da população já iniciaram a imunização com a primeira dose e 4,3% completaram com a segunda.

Em número geral, a cidade divide a posição das que mais vacinaram com Canoas, que, com 344.957 habitantes, também contabiliza no sistema 31.395 doses aplicadas. O município metropolitano, no entanto, ministrou e registrou 64,6% das 48.619 unidades enviadas pelo governo estadual e vacinou, com a primeira e a segunda dose, 6.9% e 2.2%, respectivamente.

Tendo em vista a contagem de vacinados, em primeiro lugar, está Porto Alegre. A capital é, de longe, a cidade mais populosa, reunindo mais de 1,4 milhão de pessoas, e contabiliza 204.449 doses aplicadas, 54,1% do total de recebidas. Na cidade, 10% das pessoas receberam a primeira dose e 3,9% fizeram a segunda.

Na segunda posição, vem Caxias do Sul, com 42.556 unidades utilizadas, 60,1% das destinadas pelo Estado. Quando avaliada a cobertura vacinal, 6,2% começaram a imunização e 2,3% concluíram o esquema.

Já a terceira posição de número geral de vacinados é ocupada por Pelotas, que soma 37.893 doses aplicadas e registradas, 53% do quantitativo recebido. No município, situado no sul do estado, 8,3% dos moradores receberam a primeira dose, enquanto 2,8% já contam com a segunda.

A secretária municipal de Saúde, Cristine Pilati, enfatiza que o registro é uma medida importante para o acompanhamento da vacinação nos municípios, além de ser essencial para garantir a conclusão do processo de imunização da população. “O registro propõe um melhor controle dos dados. Quando uma cidade não conclui o serviço com o lançamento das informações das pessoas no sistema, também prejudica pessoas que, eventualmente, se mudarem para outras cidades. Elas não conseguirão receber a segunda dose se a primeira não constar”, destaca.



Gostou? Compartilhe