Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) completa 103 anos

A Instituição é referência para mais de dois milhões de pessoas

Por
· 2 min de leitura
 O hospital conta com 60 mil m² de área construída e 700 leitos de internação (Foto: Divulgação/HSVP) O hospital conta com 60 mil m² de área construída e 700 leitos de internação (Foto: Divulgação/HSVP)
O hospital conta com 60 mil m² de área construída e 700 leitos de internação (Foto: Divulgação/HSVP)
Você prefere ouvir essa matéria?

Há 103 anos, nascia em Passo Fundo, o que hoje é o maior complexo hospitalar do interior do Rio Grande do Sul, o Hospital São Vicente de Paulo. A Instituição é referência para mais de dois milhões de pessoas, provenientes de uma macrorregião (norte e missioneira do Rio Grande do Sul e oeste de Santa Catarina).

História

Da necessidade de atender os doentes da gripe espanhola, o Padre Rafael Iop, membros da Sociedade de São Vicente de Paulo (Vicentinos) e as senhoras do Apostolado da Oração, uniram forças e de acordo com o estatuto da fundação, fundaram a casa de saúde que “desejava agasalhar os doentes e pobres, dar-lhes médicos, remédios, conforto material e espiritual, sem distinção de crença religiosa ou política.

Em um casarão, situado na Rua Paissandú, com média de 20 metros de frente por 12 de fundos, organizado com uma seção para homens, outra para mulheres, dois quartos de segunda classe, um de primeira, uma sala de operações, uma de visita e uma casa para isolamento, o Hospital iniciou seus atendimentos. Durante a pandemia da Gripe Espanhola 76 doentes foram atendidos pelos médicos Dr. Nicolau Araújo Vergueiro, Dr. Salúcio Brenner de Morais, Dr. Carlos Mayer, Dr. Ivo Barbedo e Dr. Arthur de Oliveira Leite, auxiliados pelos farmacêuticos Antonio Manoel Caminha e Oscar Pinto Morais e pelas freiras da Congregação da Ordem Franciscana. Como a equipe era pequena e a doença acometia muitas pessoas, um grupo de voluntários, leigos Vicentinos, auxiliavam no cuidado aos doentes.  

Destaques da história recente são a atuação na Epidemia de H1N1 em 2009, a cirurgia de separação de gêmeas siamesas em 2012, a alta no CTI Neonatal de uma paciente que nasceu pesando 470 gramas e os 20 anos de transplante de fígado, entre inúmeros outros procedimentos, tratamentos e exames de diagnóstico realizados.

Estrutura

Com mais de 60 mil m² de área construída, 700 leitos de internação, mais de 800 médicos no Corpo Clínico e 3.600 colaboradores é um hospital geral completo, estruturado para atender a alta complexidade e organizado para acolhimento de pacientes da rede ambulatorial e hospitalar. Atua em serviços de alta complexidade voltados à assistência, ao tratamento, ao ensino e à pesquisa em diversas especialidades médicas.

Em 2020, foi inaugurado um Serviço de Pediatria na Unidade Uruguai, contando com estrutura para consultas e Pronto Atendimento 24h, sala vermelha, bloco cirúrgico e internação, com equipe de pediatras assistenciais, além da possibilidade de realização de exames laboratoriais e de imagem no mesmo local. Implantou-se 30 novos leitos para atendimento de saúde suplementar e privados, com investimento de 5 milhões de reais. Foi estruturado o Núcleo Interno de Regulação, pioneiro no Estado do RS. Neste mesmo período, a Instituição foi re-certificada pela Organização Nacional de Acreditação.

A prioridade do Hospital, em 2021, segue sendo o atendimento à população de Passo Fundo e região, especialmente, no enfrentamento à Covid-19.

Gincana

Neste ano, foi realizada a I Gincana Virtual entre os colaboradores do HSVP. Tarefas e perguntas para divertir e desafiar os profissionais. Uma das tarefas foi arrecadar alimentos e fraldas geriátricas, para serem entregues às famílias em vulnerabilidade social de Passo Fundo. Os colaboradores arrecadaram 22 toneladas de alimentos e mais de 83 mil unidades de fraldas geriátricas.

Gostou? Compartilhe