Passo Fundo realiza campanha para arrecadar cobertores e agasalhos

A previsão de frio intenso levou à realização da campanha

Por
· 1 min de leitura
 A campanha foi apresentado pelo Prefeito Pedro Almeida, em parceria com a Defesa Civil, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros (Foto: Michel Sanderi/Divulgação PMPF) A campanha foi apresentado pelo Prefeito Pedro Almeida, em parceria com a Defesa Civil, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros (Foto: Michel Sanderi/Divulgação PMPF)
A campanha foi apresentado pelo Prefeito Pedro Almeida, em parceria com a Defesa Civil, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros (Foto: Michel Sanderi/Divulgação PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

A previsão de baixas temperaturas para os próximos dias levou à realização da segunda edição da campanha Passo Fundo Solidária, agora com foco no combate ao frio. O movimento, apresentado pelo Prefeito Pedro Almeida, em parceria com a Defesa Civil, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros, tem como objetivo arrecadar cobertores e agasalhos. A primeira ação é um drive-thru de solidariedade no CTG Lalau Miranda, realizado hoje (26), até as 17h. O drive-thru também ocorre na terça e quarta-feira, das 8h às 18h. Nos próximos dias, serão divulgados mais pontos de arrecadação.

Outra forma de doar é a partir do sistema de tele-buscas da Defesa Civil. O telefone (54) 98416-2621 está à disposição para quem quer doar, mas não tem como levar até um ponto de doação. “Estamos nos organizando para demandas que surgirem. A partir do tele-busca, pelo telefone (54) 98416-2621, iremos buscar as doações”, enfatizou o coordenador regional da organização, major Darci Bugs Junior.

"Neste momento, a Prefeitura está intensificando ações e quer unir novamente a sociedade para arrecadar cobertores e roupas de inverno. Realizada de uma forma diferente, a ação tem o mesmo objetivo: ajudar quem precisa”, disse o prefeito Pedro Almeida.

Além de organizar a campanha, a Prefeitura está reforçando o suporte às famílias atendidas pela rede de assistência social. Os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) iniciaram um levantamento das pessoas acompanhadas para identificar as que estão precisando de doações de cobertores e agasalhos. “A coordenação de Proteção Básica está reunindo os quatro CRAS, dos bairros São Luiz Gonzaga, Vera Cruz, Integração e Planaltina, para a apresentação de locais de vulnerabilidade extrema. O atendimento dessas famílias é realizado durante o ano todo, sendo fortalecido em situações específicas. Neste ano, com auxílio de doações, mais de 1,5 mil cobertores já foram distribuídos”, afirmou o secretário da pasta, Saul Spinelli.

Também foram estruturadas medidas com foco no acolhimento das pessoas em situação de rua. Entre elas, a ampliação de vagas para pernoite. “Atualmente, contamos com 33 vagas na casa de passagem. Com uma organização interna do local e do Centro Pop, se for necessário, conseguiremos ter de 50 a 60 vagas. Paralelamente a isso, intensificamos a abordagem, que já é feita diariamente, para convidar quem está em situação de rua a acessar os serviços que são oferecidos. Em nenhum momento, essa população ficará sem atendimento”, disse Spinelli.

Gostou? Compartilhe