Clínicas de Odontologia da Imed realizam atendimento gratuito à comunidade

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O Curso de Odontologia da Imed oportuniza a formação de um profissional qualificado, capaz de atuar em todos os níveis de atenção à saúde bucal do indivíduo, da família e da comunidade, integrado à realidade epidemiológica e profissional. As atividades práticas que desenvolvidas pelos acadêmicos do 4º ao 8º nível de graduação dentro das Clínicas Odontológicas desde o ano de 2011, têm como objetivo a humanização do cuidado, com o uso da tecnologia e do conhecimento para auxiliar as pessoas que mais precisam, ao mesmo tempo em que possibilitam o exercício da técnica e das habilidades manuais do aluno.

Segundo o Coordenador de Clínicas Odontológicas da Imed, professor Fábio Woitchunas, “um dos nossos principais objetivos é um atendimento de qualidade ao público que procura nossas clínicas, oferecendo os serviços com cordialidade e muita atenção aos pacientes que colaboram com a formação dos nossos acadêmicos, pois são personagens principais para o aprendizado”, destaca.

Nesse sentido, a Imed está realizando o cadastro de pacientes para triagem e atendimento odontológico. No primeiro semestre de 2017, já foram realizados cerca de 1.269 atendimentos nas especialidades de cirurgia, periodontia, endodontia, prótese, odontopediatria, pacientes especiais, triagem e dentística. Em 2016 o número de procedimentos realizados chegou a 6.070. Os serviços prestados à comunidade fazem parte do posicionamento da instituição e de sua missão, que é proporcionar um centro de excelência acadêmica para a formação de sujeitos capazes de compreender e transformar a realidade em que vivem.

Como participar?

Podem participar crianças, adultos, idosos e pacientes com necessidades especiais. Os atendimentos à comunidade são realizados gratuitamente a partir do cadastro, que pode ser realizado pelo telefone (054) 3045-7500.  Após o cadastro, o indivíduo é encaminhado para uma triagem, para posteriormente efetivar os procedimentos odontológicos nos pacientes que tiverem necessidades bucais.

Gostou? Compartilhe