Plantas florescem antecipadamente

Faltando pouco mais de um mês para o início da primavera, plantas ornamentais e frutíferas estão florescendo. Situação não deve causar problemas, a menos que geadas tardias ocorram

Por
· 1 min de leitura
Na cidade e na área rural se observa que plantas ornamentais e frutíferas iniciaram o florescimento antecipadamente neste anoNa cidade e na área rural se observa que plantas ornamentais e frutíferas iniciaram o florescimento antecipadamente neste ano
Na cidade e na área rural se observa que plantas ornamentais e frutíferas iniciaram o florescimento antecipadamente neste ano
Você prefere ouvir essa matéria?

Ainda falta um pouco mais de um mês para o início da primavera. Mesmo assim, muitas plantas frutíferas e ornamentais já estão floridas. A elevação das temperaturas fez com que elas despertassem do inverno um pouco mais cedo neste ano. No entanto, isso não deve representar nenhum prejuízo, a menos que ocorram geadas tardias que poderiam comprometer a produção de frutas e também as lavouras de inverno.

O engenheiro agrônomo Ivan Guarienti explica que o normal seria que esse florescimento ocorresse um pouco mais tarde, mas a antecipação se deve aos dias mais quentes que fizeram com que as plantas saíssem do estado de dormência em que elas se encontravam no inverno e ‘despertassem’ para a primavera. “Temperaturas acima de 12ºC fazem as plantas despertarem para florescerem. Da semana passada pra cá, os citrus começaram a desenvolver muitas flores e dá pra se dizer que estão bastante floridas. Mas varia de um lugar para outro. Dentro da cidade é um pouco mais quente e podem estar mais adiantadas, em outras regiões que são mais frias podem não estar florescendo”, explica lembrando que isso também varia nas diferentes regiões do Estado.

Neste inverno, até o momento, foram registradas temperaturas muito baixas durante uma semana. O frio faz com que haja um amadurecimento de gemas para que quando chegue a primavera haja um florescimento normal. “Pode ser que haja uma brotação desuniforme, ficando mais nas pontas das plantas, mas pelo que se observa nessa brotação é que esse fenômeno não vai ocorrer. A tendência é que seja uma floração normal”, detalha sobre a influência das condições climáticas. As plantas, para amadurecer as gemas para brotarem, precisam de uma certa quantidade de frio abaixo de 7,2ºC. “Embora não tivéssemos temperaturas baixíssimas, tivemos temperaturas de sete ou oito graus durante a noite. Então, na soma, é possível que tenha alcançado as horas necessárias”, pontua.

Alguns tipos de pessegueiros, por exemplo, precisam de 400 horas de frio abaixo de 7ºC para saírem da dormência e iniciarem a floração e a brotação. Guarienti explica que, principalmente, a soma do frio das madrugadas pode ter sido suficiente para chegar a esse total. Pela observação das plantas até o momento, se espera que o desenvolvimento seja normal. No entanto, a preocupação dos produtores é de que na região não é incomum ocorrerem geadas até 20 de setembro. Uma ocorrência do tipo poderia representar grandes perdas tanto em frutíferas, quanto nas lavouras de inverno que estão se encaminhando para o final do ciclo neste período.

Gostou? Compartilhe