Operação Semana Santa 2019 começa hoje nas rodovias

Objetivo é evitar acidentes no feriadão; operação encerra no domingo às 23h59

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) começa hoje (18) a Operação Semana Santa 2019 nas rodovias para evitar acidentes durante o feriadão de Páscoa. A operação contará com reforço do efetivo e encerra no domingo, dia 21, às 23h59.


Na BR-386, a expectativa da PRF é que os períodos de maior fluxo de veículos sejam os da noite desta quinta-feira, de sexta-feira (19) pela manhã e domingo, a partir da tarde, estendendo-se até a noite. A movimentação deve ser grande nos dois sentidos, com maior intensidade no sentido capital-interior na saída para o feriado, e interior-capital no retorno. 


A PRF também alerta que os pontos mais críticos com relação à lentidão e congestionamento deverão ser no trecho entre o perímetro urbano de Lajeado e parte da Serra, e também na altura do km 427, onde há afunilamento devido à interdição (em um dos sentidos) da Ponte sobre o Rio Caí. Durante a operação, não estão programadas obras na pista em nenhum local.
Além das atividades de fiscalização de trânsito e combate ao crime, será dada atenção especial à educação para o trânsito, com abordagens educativas. 


PRF alerta
A PRF alerta aos motoristas que pretendem viajar no feriadão para a importância da revisão no veículo, a fim de evitar ter a viagem interrompida por problemas mecânicos.


Em nota, ela cita a necessidade de verificar as condições dos pneus, sendo estes, quando em mau estado de conservação, um dos principais responsáveis por acidentes nas rodovias. “A PRF lembra ainda que os pneus em melhores condições devem sempre ser colocados na traseira do veículo. Quanto melhores estiverem os pneus, especialmente os traseiros, menor será a possibilidade de perda de controle do veículo, principalmente nos dias de chuva”, completa o texto.


Durante o percurso, os motoristas devem obedecer a velocidade máxima permitida para o local e ter paciência nas situações de lentidão, não realizando ultrapassagens forçadas ou em locais proibidos. Vale lembrar que as ultrapassagens mal sucedidas são responsáveis por grande parte das mortes que acontecem no trânsito.


O cinto de segurança também é indispensável para todos os ocupantes do veículo, assim como o dispositivo de retenção veicular adequado à idade da criança (até 1 ano, bebê conforto; 1 a 4 anos, cadeirinha; 4 a 7,5 anos, assento de elevação).


Uso de celular no volante deve ser evitado assim como o ato de dirigir embriagado. A PRF deve intensificar a aplicação do teste do etilômetro para barrar que motoristas sob efeito de álcool trafeguem nas rodovias.


A Polícia Rodoviária também orienta aos motoristas a evitarem utilizar a rodovia nos dias e horários de maior fluxo, procurando antecipar ou adiar o momento de sua saída.

Gostou? Compartilhe