Cotrijal lidera ação para cobrar medidas de apoio aos produtores

Documento elaborado durante a Expodireto foi encaminhado para a ministra da Agricultura, Tereza Cristina

Por
· 1 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:
Você prefere ouvir essa matéria?

Durante a Expodireto, realizada na smena passada, em Não-Me-Toque, a Cotrijal mobilizou autoridades políticas estaduais e federais, junto com as entidades representativas do cooperativismo e da agricultura, para alinhar ações e para cobrar medidas de enfrentamento da estiagem, que, dependendo da região, já causou perdas significativas na safra de verão.

Duas reuniões foram realizadas, que culminaram com a decisão de levar um documento conjunto à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, entregue ontem, com as reivindicações do setor para amenizar os efeitos da quebra de produção.
O presidente da Cotrijal, Nei César Manica, disse no encerramento da feira que todos os esforços estão sendo feitos para que o governo entenda a necessidade de adotar medidas imediatas. “A atividade agrícola é dependente do clima e depois de várias safras recordes, este ano, teremos produção menor. A exemplo do que sempre fizemos, estamos junto com o produtor. Buscando o amparo do governo, e também fazendo a nossa parte internamente, para que se consiga o melhor resultado”, destaca.

Ele lembra ainda que o PIB do agronegócio tem puxado o crescimento do PIB nacional. E o entendimento é de que o setor precisa ter olhar diferenciado do governo. “Sustentamos a economia brasileira e vamos defender ações específicas que ajudem o campo e quem depende dele”, afirma Manica.
“É uma questão de justiça com o produtor gaúcho, responsável por garantir alimento saudável na mesa do consumidor”, defende o vice-presidente da Cotrijal, Enio Schroeder.

Gostou? Compartilhe