CDL diz que feriadões trarão perdas aos lojistas

Por
· 1 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:
Você prefere ouvir essa matéria?

 

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Passo Fundo estima redução de R$ 230 milhões durante os feriadões de 2020. No cálculo da entidade, cada dia sem atividades no comércio e nos serviços tem impacto de R$ 15 milhões para o Produto Interno Bruto (PIB) do município. Isso porque em datas comemorativas que são emendadas aos fins de semana há uma tendência de esvaziamento da cidade, já que as pessoas acabam indo viajar e não consomem em Passo Fundo.

Em dias normais, os serviços privados e públicos atraem mais de 30 mil pessoas para a cidade, que circulam pelas ruas e visitam o comércio. Como a CDL representa diversos setores, Sérgio Giacomini, presidente da entidade destaca que o cenário não é ruim para todos segmentos. “Os setores de turismo, viagens e transporte de passageiros devem se preparar para um aumento na procura por parte dos consumidores. Mas infelizmente, estes ganhos não compensam as perdas em todos os outros setores da economia”, acrescentou Sérgio.
 

Pontos facultativos nacionais em 2020:
24 a 26 de fevereiro (sábado a quarta): Carnaval é ponto facultativo o dia inteiro na segunda e na terça-feira e até as 14h na quarta-feria de cinzas
11 a 14 de junho (quinta a domingo): Corpus Christi é no dia 11
28 de outubro (quinta): Dia do Servidor Público
24 de dezembro (quinta): véspera de Natal – ponto facultativo após as 14h
31 de dezembro (quinta): véspera de ano novo – ponto facultativo após as 14h


FOTO REDAÇÃO ON
Passo Fundo atrai cerca de 30 mil pessoas por dia de toda a região

Gostou? Compartilhe