Perfis dos candidatos Claudio Doro e João Campos

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

CLAUDIO DORO


Claudio Doro tem 68 anos e é casado há 43 anos. Pai de família, tem esposa, uma filha e dois netos. É Engenheiro Agrônomo formado pela Universidade de Passo Fundo, bem como licenciado em Teologia pela Faculdade de Educação Teológica Logos de São Paulo.

Ingressou na Emater em 1975 como servidor público concursado, tendo chefiado o escritório da Emater em Sarandi entre 1975 e 1977. Ainda em Sarandi, presidiu em 1976 a Câmara Júnior dos Vereadores, bem como a Associação dos Engenheiros Agrônomos.

Foi Supervisor Regional do Banrisul entre 1978 e 1983, quando passou a atuar na fiscalização da produção de sementes e mudas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento até 1989.

Claudio chefiou a Emater em Passo Fundo entre 1989 e 1992. Atuou como assistente técnico regional de classificação de produtos de origem vegetal até 1998.

Foi gerente regional adjunto da Emater em dois períodos: entre 2007 e 2011 e entre 2015 e 2019. Claudio é empresário, proprietário da InovAgri, empresa dedicada à exploração agrícola e cultivo de grãos. Desde 2016 é apoiador do presidente Bolsonaro.



JOÃO CAMPOS



João Campos tem 53 anos, é pai de família. Tem uma esposa, dois filhos e três netos. Bacharel em Gestão Comercial, possui MBA em Gestão de Pessoas pela Faculdade Anhanguera. É, também, formado em Teologia pelo Instituto Teológico Quadrangular. Atualmente, é presidente do Partido Social Cristão (PSC) em Passo Fundo.

Empresário do ramo da construção civil, é proprietário da JC Campos Ltda. É presidente fundador da Associação de Pastores e Ministros Evangélicos de Passo Fundo – AMEPAS.

Entre 2013 e 2016, foi secretário municipal de Habitação de Passo Fundo, em uma gestão fortemente marcada pela regularização fundiária e pela execução de programas habitacionais.

Reconhecido pela defesa de valores como a defesa da vida e da família, João foi protagonista quando do debate sobre o plano municipal de educação, sendo um dos principais críticos a propostas que defendiam a propaganda de ideologia de gênero para crianças nos anos iniciais.



* Textos encaminhados pelas assessorias dos candidatos

Gostou? Compartilhe