Governo do Estado pede ao STF autorização para retorno das aulas presenciais no RS

Na segunda-feira (12) pela manhã, audiência será conduzida pelo ministro Nunes Marques

Por
· 1 min de leitura
Foto: FreepikFoto: Freepik
Foto: Freepik
Você prefere ouvir essa matéria?

O governo do Rio Grande do Sul entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) solicitando autorização para o retorno das aulas presenciais, em formato híbrido, no Estado gaúcho. Em vídeo divulgado nas redes sociais, neste domingo (11), o governador Eduardo Leite (PSDB), afirmou que a presencialidade do ensino é "muito importante para o desenvolvimento" infantil.

Na manhã de segunda-feira (12), a audiência será conduzida pelo ministro Nunes Marques. "O cuidado com estas crianças também é muito importante porque os pais e mães têm que trabalhar e acabam tendo que deixar os filhos com alguém. Muitas vezes, em condições inferiores as que a escola permite", disse o governador.


Além da abertura das escolas, o governo gaúcho solicitou ao Ministério da Saúde a priorização da vacinação para os professores da rede pública e privada de ensino para um "retorno mais sereno e seguro", especialmente às turmas de educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental.

Gostou? Compartilhe