OPINIÃO

Gente que faz

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Eu tenho pela Corsan o respeito por tudo que já foi construído, pois é uma Companhia pública que mantem o diálogo e o compromisso social com a sociedade. Em 1998 tivemos um embate jurídico que resultou nas obras de esgoto cloacal que aconteceram e estão acontecendo e vale destacar a parceria com o Promotor de Justiça Paulo Cirne. 

Gente que faz II

Destaco aqui o jovem Cristiam Borges, Engenheiro Eletricista e Coordenador Operacional da Corsan. Competente, dedicado e estudioso e isto faz qualificar ainda mais os quadros especiais da Companhia. Cristiam tem e espero que nunca perca, a capacidade de dialogar e dentro da legalidade encaminhar soluções dos problemas. Os servidores públicos devem ter com certeza a postura do jovem engenheiro, para que a população se sinta atendida e que os problemas tenham as devidas soluções.

Gente que faz III

Aldomir Antonio Santi, Engenheiro Civil, é outra figura dos quadros da Corsan que respeito e tenho por ele uma grande admiração. Figura produtiva, de diálogo, inteligente e visionário. O poder de articulação deste Superintendente é algo impressionante e podemos destacar os contratos, convênios e conquistas de obras e melhorias que toda a região recebe devido a sua responsabilidade social. Passou por vários espaços em Passo Fundo e outros grandes municípios, como Santa Maria e sempre pautou sua gestão por otimismo, trabalho e planejamento. Parabéns Santi e Cristiam, vocês são o orgulho da nossa terra e também em nome de vocês destaco, parabenizo e agradeço todos os servidores desta valorosa Corsan. 

Força Covid

Ouvi de tudo sobre a postagem de força covid de uma servidora pública do município e fiquei perplexo pela mensagem que a Psicóloga enviou com a escrita e, ainda, com os ataques que a mesma sofreu. Violência e mais violência é o que vemos na internet e a falta de empatia, diálogo e principalmente respeito. Desnecessária a postagem, quando na verdade a pandemia é e deve ser a principal inimiga de todos nós. 

Força Covid II

Vemos ódio espalhado nas redes sociais dos dois lados, esquerda e direita. Palavras ideológicas que demostram a falta de noção que estamos vivendo em uma época de pandemia internacional. Triste como tratamos esta situação, quando todos deveríamos estar unidos no objetivo de cuidar das vidas, proteger o comércio para que nossa economia tenha o mínimo de prejuízo possível. 

Argentina

Quando Evita Peron recebeu o diagnóstico de câncer, os anti-peronistas picharam os muros com “Viva o câncer”. Ódio e falta de empatia e ainda, a falta de respeito com aquela que era na época a primeira dama e referência para milhões de argentinos. Meu pai, Francisco Spinelli sempre disse “gostar de quem amamos é fácil, difícil é respeitar quem não concordamos”. Respeito, resume tudo. 

Eleições

Todas as eleições é a mesma coisa e não muda. Aparece os milagreiros, os de fala fina, dizem o que as pessoas querem ouvir, vendem que é tudo fácil, nada é difícil, tem dinheiro para tudo e que vão sempre lutar pela segurança, saúde, educação e por aí vai. Chega na hora se deparam com uma realidade diferente que venderam nas eleições e são obrigados a culpar seus antecessores ou seja lá o que for. 

Eleições II

Falam mais dos seus opositores do que realmente de suas propostas e, desta forma, os eleitores não ficam sabendo que na verdade são pessoas vazias, sem obras e propostas. Candidato deve falar da sua vida, suas obras e suas propostas. Candidato deve ser sincero e conversar olho no olho com seus eleitores, não é possível fazer tudo e muitas vezes a escolha deve ser feita pelo gestor. Exemplos temos muitos. 

Gostou? Compartilhe