Manifestantes bloqueiam a RS 463 em Coxilha

Estudantes e empresários tapejarenses bloquearam a RS 463, estrada que liga Tapejara à Coxilha e é uma das principais rodovias do nordeste do Rio Grande do Sul, no final da tarde desta sexta-feira (14).

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

 O bloqueio aconteceu próximo ao trevo com a RS 135, e foi organizado por estudantes universitários representados pela AUTAPE (Associação dos Universitários Tapejarenses) e por empresários representados pela ACISAT (Associação Comercial Industrial de Serviços e Agropecuária de Tapeara) e Sindilojas Tapejara.

Os manifestantes reuniram-se no início da rodovia em Tapejara e dirigiram-se até o local onde foi realizada a paralisação. Cinco ônibus que fazem o transporte de estudantes universitários para Passo Fundo iniciaram o bloqueio que contou com a participação de jipes, motocicletas e caminhões de empresas tapejarenses.

Durante o bloqueio foram exibidas faixas de protesto e distribuídos panfletos aos motoristas explicando os motivos da mobilização. Os aproximadamente 200 estudantes e empresários também utilizaram nariz de palhaço e apitos para chamar atenção. A Polícia Rodoviária esteve presente no local orientando os motoristas e evitando congestionamento na RS 135 que ficou com o trânsito lento.

A manifestação faz parte do movimento “463 por que nos abandonaram?” que reivindica a recapagem completa da rodovia, a construção de acostamentos, a reforma em pontos com maior índice de acidentes e a utilização da verba do pedágio comunitário da RS 135 para a manutenção da RS 463. O movimento também questiona  o fato de a região nordeste ter oito deputados que a representam na Assembleia Legislativa, além do próprio Secretário de Infraestrutura e Logística Beto Albuquerque, que também tem seu domicílio eleitoral no nordeste gaúcho. Um ofício será enviado a Assembléia Legislativa e ao Governo Estadual para reforçar as reivindicações.

Gostou? Compartilhe