Nove fugitivos são recapturados

Outros oito detentos, dos 17 que escaparam do Presídio Regional de Passo Fundo, ainda estão sendo procurados

Por
· 3 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Somente no último fim de semana, uma operação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Brigada Militar (BM) resultou na recaptura de sete dos 17 foragidos do Presídio Regional de Passo Fundo. As prisões aconteceram na região de Erval Seco e Seberi. Além deles, dois fugitivos já haviam sido detidos no início da última semana, em Passo Fundo, e outros oito seguem sendo procurados.


A fuga de 17 apenados, ocorrida no dia 12 de janeiro deste ano, foi a maior já registrada no município. A ação aconteceu depois que uma caminhonete colidiu de maneira proposital contra o portão do pátio de veículos da casa prisional. Assim que o veículo invadiu o presídio, os presos já aguardavam para escapar. O primeiro fugitivo a ser recapturado foi Clederson dos Santos Ramos, na última terça-feira (15). Ele estava escondido em uma residência no bairro Zachia, em Passo Fundo, e foi localizado através de uma denúncia recebida pela Brigada Militar. Clederson tem em sua ficha criminal um homicídio, uma tentativa de homicídio e uma passagem por roubo. Dois dias depois, na sexta-feira (18), Gilson da Silva Anes também foi preso, no bairro Victor Issler, na casa de familiares. O criminoso é condenado por três assaltos e um porte ilegal de arma de fogo.


Todas as outras sete prisões aconteceram no último fim de semana. Na sexta-feira (18), os sete criminosos, que estavam juntos desde a fuga do presídio, se deslocavam na BR 285 em dois automóveis, um Celta e um Astra, quando avistaram uma barreira policial montada pela PRF e passaram a dirigir em alta velocidade na direção oposta, rumo ao município de Erval Seco. Houve troca de tiros entre os bandidos e os policiais, mas ninguém se feriu. Para escapar das viaturas, eles se esconderam dentro de um matagal e permaneceram lá até a manhã de sábado, quando equipes da BM se uniram à PRF para efetuar buscas dentro da área de mata.


Os primeiros criminosos a serem encontrados em Erval Seco foram Gabriel do Santos Della Mea (condenado por três roubos e dois homicídios, além de passagem por tráfico de drogas e dois flagrantes por porte ilegal de arma de fogo) e João Vitor Lenhardt Miri (em sua ficha, consta uma passagem por tráfico de drogas, uma por assalto e outra por porte ilegal de arma de fogo). A terceira recaptura aconteceu horas mais tarde, na mesma mata, com a prisão de Vilmar Jorge da Silva. Ele já era foragido do presídio de Ijuí e havia sido capturado em Passo Fundo após roubar um veículo, colidir o carro, agredir as vítimas e atirar contra a polícia. Vilmar acumula quatro passagens por assalto, duas por crimes contra a vida e uma por porte ilegal de arma de fogo.


Ainda no sábado, desta vez à tarde, a polícia prendeu o quarto foragido do dia. André Tiago Teixeira estava escondido nas mesmas proximidades que os outros três capturados, no município de Erval Seco. O indivíduo havia sido flagrado cinco vezes com arma de fogo e é acusado por sete assaltos e um homicídio. Pouco depois, no fim da tarde, Rafael Lopes dos Santos e Maurício da Silva dos Santos também foram localizados. Eles estavam juntos em uma lavoura de soja, na região de Seberi. O primeiro apenado tem em sua ficha criminal três passagens por associação criminosa, quatro por porte ilegal de arma de fogo, cinco por roubo e três por crimes contra a vida, enquanto Maurício é condenado por seis crimes contra a vida, sete assaltos e três formações de quadrilha.


O último foragido a ser capturado, por volta das 15h do domingo, foi Cesar Moraes da Silva, o detento com maior tempo de condenação a cumprir (78 anos). Na data, com a melhora das condições climáticas, a operação contou com a participação de uma aeronave da PRF, que auxiliou na localização de Cesar. Ele estava escondido dentro de um frigorífico localizado às margens da BR 386, também na região de Seberi. O apenado tem 13 antecedentes por assaltos, três por homicídio e já foi enquadrado quatro vezes por associação criminosa.


Criminosos recapturados

Clederson dos Santos Ramos
Gilson da Silva Anes
João Vitor Lenhardt Miri
Gabriel dos Santos Della Mea
Vilmar Jorge da Silva
André Tiago Teixeira
Rafael Lopes dos Santos
Maurício da Silva dos Santos
Cesar Moraes da Silva

 

Quem permanece foragido

Alex Britto Sereta
Eliseu Benites
Anderson Luis Fernandes
Raimundo Natalício dos Santos
Vinicius Luan Silva
Tiago Cardoso Lopes
Mateus Mariano Soares
Leandro Dutra

Gostou? Compartilhe