Delegacia Regional de Passo Fundo recebe três viaturas semiblindadas

Governo entregou ontem 45 viaturas para diversos municípios gaúcho. Passo Fundo, Nova Alvorada e Marau estão entre as cidades contempladas

Por
· 3 min de leitura
Itamar Aguiar / Palácio PiratiniItamar Aguiar / Palácio Piratini
Itamar Aguiar / Palácio Piratini
Você prefere ouvir essa matéria?

O governador Eduardo Leite e o vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, entregaram ontem de manhã à Polícia Civil 41 viaturas semiblindadas zero quilômetro – outras quatro estão em produção e chegam nos próximos meses. Destas, três viaturas virão para a Regional de Passo Fundo.

 É a primeira vez na história do RS que efetivos das forças de Segurança Pública recebem veículos com proteção balística para uso na rotina de policiamento e operações.

O governador explicou que, a partir de agora, a aquisição de veículos semiblindados será a política de compra de viaturas no Estado. "É uma forma de darmos a resposta a esses agentes de segurança para que estejam mais seguros no exercício das atividades. Com a polícia segura, a sociedade estará mais segura. Assim, garantirmos a continuidade da redução de indicadores de criminalidade", destacou o governador, ao lembrar que, em fevereiro, o programa RS Seguro completará dois anos.

“Essas viaturas simbolizam um marco da premissa de investimento qualificado que, com a inteligência e a integração, norteia o Programa RS Seguro. É a valorização e o aprimoramento na proteção daquilo que temos de mais valioso na Segurança Pública, que é a vida dos nossos profissionais. A partir dessa aquisição, entramos em uma nova era em termos do aparelhamento das forças policiais no Rio Grande do Sul”, afirmou o vice-governador e secretário da SSP, delegado Ranolfo Vieira Júnior.

A instituição gaúcha é a primeira Polícia Civil do país a receber viaturas com escudo balístico.

O investimento total para a aquisição dos 45 veículos do modelo Duster, da Renault, foi de R$ 6,1 milhões. A verba tem origem em emenda da bancada federal gaúcha no Congresso, proposta em 2019, sendo R$ 5,4 milhões da União e R$ 721,4 mil de contrapartida.

A previsão inicial era de compra de 41 viaturas por R$151.093,00 cada (preço do orçamento para aprovação do projeto), uma por município, conforme indicação realizada pelos deputados federais e senadores gaúchos na proposição da emenda, em 2019. Com a economia da licitação realizada pelo governo, que fixou o valor unitário de R$ 137.569,21, foi possível utilizar a sobra do recurso para aquisição de outros quatro veículos, também um por cidade, com destinação definida pelo planejamento da Polícia Civil.


Região de Passo Fundo

A região de Passo Fundo foi contemplada com três viaturas, duas delas, para as cidades de Passo Fundo e Nova Alvorada foram entregues na manhã desta terça-feira, e outra, que está em produção, deverá ser entregue para a cidade de Marau nos próximos meses. O delegado regional de polícia, Adroaldo Schenkel destacou que em Passo Fundo, a viatura será utilizada pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, mas que em breve o uso destas viaturas deve acontecer em larga escala. “A intenção é que todas as viaturas que sejam adquiridas a partir de agora sejam blindadas ou semiblidadas, o que traz mais segurança para o trabalho ostensivo da polícia”, explicou ele.


Tecnologia de resistência

A tecnologia de blindagem utiliza na carroceria dos carros mantas com nove camadas do tecido de fibra de aramida, mais leve que o aço e com capacidade de resistência quatro vezes maior. A proteção instalada é do nível III-A, que suporta disparos de todos os tipos de arma de mão, como pistola 40 e 9mm.

Nos vidros, a blindagem é composta pela sobreposição de materiais para assegurar a resistência balística padrão: são três camadas de vidro, intercaladas com uma de aço, duas de película plástica PVB (polivinil butiral), além de selante de poliuretano (PU) e uma última de plástico policarbonato.

Para assegurar a qualidade da proteção, representantes da Polícia Civil e da Brigada Militar verificaram de perto todo o processo de adaptação dos veículos.


Mais viaturas

Além das 45 viaturas destinadas à Polícia Civil nesta terça-feira, a SSP planeja entregar nos próximos meses outras 176 viaturas semiblindadas, elevando o investimento total para R$ 35,2 milhões. À Brigada Militar, serão entregues 103 Dusters, também com recursos da emenda de bancada federal, no total de R$ 14.172.966,55 (sendo R$ 12.741.290,55 do repasse da União e R$ 1.431.676,00 de contrapartida financeira do RS).

A corporação também deve receber 53 pick-ups Hilux, no valor de R$ 10.838.500,00, com recursos de transferência do Fundo Nacional de Segurança Pública para o Fundo Especial da Segurança Pública (FESP) do RS. A partir da mesma origem, outros R$ 4.090.000,00 vão custear 20 pick-ups Hilux para a Polícia Civil. 

Gostou? Compartilhe