Câmara concede o Título de Cidadão Honorário a Antônio Roso

História do homenageado com Passo Fundo iniciou em 1997, através da instalação da Metasa - Divisão Agrícola

Por
· 4 min de leitura
Sessão Solene, inicialmente agendada para 2020, foi adiada em virtude da pandemia da Covid-19 (Foto: Comunicação Digital/CMPF)Sessão Solene, inicialmente agendada para 2020, foi adiada em virtude da pandemia da Covid-19 (Foto: Comunicação Digital/CMPF)
Sessão Solene, inicialmente agendada para 2020, foi adiada em virtude da pandemia da Covid-19 (Foto: Comunicação Digital/CMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

O Legislativo realizou na noite desta quinta-feira (7) uma Sessão Solene em homenagem ao empresário Antônio Roso, oportunidade em que lhe foi concedido o Título de Cidadão Honorário de Passo Fundo. A solenidade aconteceu no Plenário Sete de Agosto, respeitando as ações preventivas de segurança sanitária. 

O ato contou com a presença do vice-prefeito de Passo Fundo, João Pedro Nunes e o prefeito de Marau, Iura Kurtz.

O presidente da Câmara, vereador Rafael Colussi (DEM), recordou a origem da proposta, que ocorreu através do Projeto de Resolução aprovado em 2019, de autoria do então vereador Ronaldo Rosa, cuja Sessão Solene, inicialmente agendada para 2020, foi adiada em virtude da pandemia da Covid-19.

Colussi ainda reforçou a motivação da proposição, destacando a importância da trajetória empresarial do homenageado, para o desenvolvimento local e regional. “Antônio Roso é exemplo de dedicação à comunidade, em especial, para as pessoas que desejam empreender e, por isso, é uma grande honra realizar esta justa homenagem, reconhecendo e valorizando sua importante atuação para o desenvolvimento das áreas de indústria e comércio, que impulsionaram e fortaleceram a economia de Passo Fundo e Região. Nosso agradecimento por tudo o que fez, faz e vai continuar fazendo por nossa cidade”, salientou.

O proponente da homenagem, Ronaldo Rosa, lembrou que o referido título somente é concedido às pessoas não nascidas em Passo Fundo e que, comprovadamente, realizaram algo pelo desenvolvimento da cidade. É o caso de Antônio Roso, natural de Vila Maria e que se tornou o 144º Cidadão Honorário, dentro dos 164 anos de Passo Fundo, pelo empenho e coragem em investir e contribuir para a cidade chegar ao patamar que está hoje. “Uma distinção mais do que merecida para um dos empresários mais renomados, não só do estado do RS, mas do país, que saiu jovem da colônia e se revelou um grande empreendedor, graças a sua coragem de encarar o desafio de investir, mesmo sabendo de todos os riscos e variações que a economia pode apresentar”, salientou. Reforçando sua satisfação de poder prestar essa homenagem, Ronaldo agradeceu ao empresário por escolher Passo Fundo, dentre tantas outras cidades, para investir, gerar emprego e renda. “Nosso muito obrigada, de coração, pois hoje, muitas pessoas que tem trabalho e comida na mesa, é graças às empresas que fundou e aos empregos que gerou e é por essas pessoas que prestamos essa homenagem, com o pedido de que siga escolhendo Passo Fundo, que é uma cidade que merece, que vai crescer cada vez mais e quem investir aqui também vai ter o seu retorno, não só financeiro, mas também de viver numa cidade que é acolhedora e que realmente proporciona felicidade para aqueles que aqui investem”, finalizou.

Para concretizar e perpetuar a homenagem, foi realizada a entrega da placa que concede o Título de Cidadão Honorário de Passo Fundo ao Senhor Antônio Roso.

Em seu espaço na tribuna, o homenageado Antônio Roso falou de sua satisfação em receber essa distinção, agradecendo a honraria e relembrou um pouco da sua história, destacando “o apoio da família que sempre esteve ao meu lado, nos momentos bons e ruins, e por ter encontrado meus sócios e parceiros que me completaram, porque nada se faz sozinho”, salientou. Ao avaliar sua vida empreendedora, Roso também fez questão de destacar que “sempre fui inquieto demais, com meu espírito inovador, muitas vezes arrojado demais, mesmo com algumas dificuldades que a vida me impôs, mas sou grato por tudo e espero continuar contribuindo com essa cidade”, finalizou.

 

Antônio Roso

Natural de Vila Maria (na época distrito de Marau), Antônio Roso começou sua trajetória como feirante aos 17 anos, tornando-se um dos empresários mais respeitados no Estado e reconhecido em todo o País.

Graduado em Direito pela Universidade de Passo Fundo (UPF), Roso não atuou na área, pois logo, junto com um grupo de empreendedores marauenses, abriu uma fábrica de esquadrias metálicas, hoje a Metasa S.A. Indústria Metalúrgica. Ela é considerada por especialistas do setor uma das maiores empresas do Brasil na produção de soluções de engenharia, fabricação e montagem no ramo de estruturas metálicas nos segmentos de Óleo e Gás, Petroquímica, Siderurgia, Mineração, Infraestrutura, Papel e Celulose.

Sua história com Passo Fundo iniciou em 1997, através da instalação da Metasa - Divisão Agrícola, a qual teve grande importância para o desenvolvimento da atividade e sua cadeia de fornecedores. Em 2004, a Metasa Agrícola foi vendida para a Kuhn S/A. Já, em 2007, vislumbrando o mercado futuro e as energias renováveis, participou da criação e fundação da BSBIOS, uma indústria de produção de biodiesel, hoje uma das maiores empresas do ramo no Brasil.

Recentemente, entre um dos grandes projetos entregues ao município está o Passo Fundo Shopping. Inaugurado em 2018, o Passo Fundo Shopping é considerado o maior e mais moderno Shopping do interior do Estado, gerando mais de 1200 empregos com mais de 170 lojas em mais de 75 mil m2 de área. 

Roso também integra a incorporadora Innovar, que atua na área imobiliária em todo o estado, entregando a Passo Fundo o bairro Reserva São Cristóvão e ainda participa de um projeto de Plataforma logística, em andamento na BR-285.

Roso ainda atua no cenário político-empresarial como membro de diversas entidades, fomentando o desenvolvimento do setor industrial no estado. Integrou por mais de três décadas as diretorias da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS/CIERGS), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial SENAI, Serviço Social da Indústria (SESI), Associação Comercial Industrial de Marau (ACIM) e de Passo Fundo (ACISA) e Associação Brasileira da Construção Metálica (ABCEM). Foi vice-presidente da FIERGS e conselheiro na Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Entre os títulos já recebidos por Antônio Roso destacam-se os prêmios: O Homem do Aço, Mérito Industrial, Leão de Ouro e Medalha Farroupilha, todos em âmbito estadual.

Gostou? Compartilhe