Comissão Temporária sobre obras do Aeroporto encerra atividades

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A Comissão Especial Mista para Discussão da Viabilidade Ambiental, Acompanhamento do Processo de Modernização e Ampliação Sustentável do Aeroporto de Passo Fundo teve sua última reunião na tarde desta quarta-feira (17), no Plenarinho. A pauta foi a análise e apreciação do relatório informativo de encerramento das atividades da equipe.

 

A comissão temporária, criada em 2018, teve como finalidade a discussão da viabilidade da ampliação do aeroporto Lauro Kortz. Ela permaneceu em atividade inicialmente por seis meses. Depois de um tempo, as atividades foram retomadas por mais 180 dias. A criação da comissão foi um passo dado pelo Legislativo para acompanhamento do processo que teve seu início em 2015, quando do anúncio da realização de investimentos no aeroporto por parte do Governo Federal.

 

O vereador Paulo Neckle (MDB), presidente da Comissão Especial, anunciou que o governador Eduardo Leite deve assinar o início das obras no próximo mês. Elas contemplam ampliação e reforma na pista, na parte interna e externa. A licitação é de aproximadamente R$ 40 milhões, sendo 2% da verba do Estado e 98% da União.

 

De acordo com Neckle, no próximo dia 25 de agosto será feita a viagem inaugural entre Passo Fundo e Porto Alegre. Para operação das aeronaves que ligarão o interior com a capital, a Gol fez uma parceria com a empresa e táxi aéreo Two Flex.

 

Neckle também afirmou que os membros da comissão continuarão realizando contatos com outras empresas para que venham oferecer novos voos. “Estamos contatando várias empresas menores também para que venham fazer novas rotas como entre Passo Fundo e Porto Alegre, entre Passo Fundo e Florianópolis, entre Passo Fundo e Curitiba. Enfim são estes voos que estão faltando e não precisamos deixar uma empresa sozinha, porque aí já vem o preço da passagem. Tendo o monopólio, evidente que o preço da passagem aumenta”, afirmou.

 

Neckel informou que o relatório deve ir à Plenário para apreciação dos demais parlamentares. Estiveram presentes ainda os vereadores Rafael Colussi (DEM), Alex Necker (PCdoB) e Márcio Patussi (PDT).

 

Gostou? Compartilhe