Justiça libera R$ 6,2 milhões para pagamento de ex-funcionários da Semeato

Recurso havia sido adquirido em março do ano passado com a venda de 13 imóveis

Por
· 1 min de leitura
Ex-funcionários vinham realizando protestos em Passo Fundo pela liberação do recurso (Foto: Divulgação/Redes Sociais SindMetal)Ex-funcionários vinham realizando protestos em Passo Fundo pela liberação do recurso (Foto: Divulgação/Redes Sociais SindMetal)
Ex-funcionários vinham realizando protestos em Passo Fundo pela liberação do recurso (Foto: Divulgação/Redes Sociais SindMetal)
Você prefere ouvir essa matéria?

O Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região não acatou recurso de revista da empresa Semeato e liberou o pagamento de mais uma parcela da dívida aos ex-funcionários. O valor dessa parcela é de R$ 6,2 milhões e vai beneficiar 1.163 trabalhadores e 110 advogados. O recurso é referente à venda de 13 imóveis em março de 2020. A 3ª Vara do Trabalho de Passo Fundo havia liberado o pagamento, mas os advogados da empresa ingressaram com recurso no TRT. O dinheiro já está sendo repassado para os representantes dos trabalhadores, no caso, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico e Eletrônico de Passo Fundo, e também para advogados que representam os ex-funcionários na ação. De acordo a advogada do Sindicato, Emily Nunes Teles, o teto máximo para cada trabalhador nessa etapa é de R$ 5.150. Segundo o diretor da 3ª Vara da Justiça do Trabalho de Passo Fundo, Gonçalo Moretto, a dívida da Semeato é de aproximadamente R$ 145 milhões.

Pagamento

Os ex-funcionários podem acompanhar pela página do Sindicato as datas de pagamento. O contato do sindicato é (54) 98432-8407.


Gostou? Compartilhe