Gaúcha de Passo Fundo

A estudante de arquitetura e urbanismo Vitória Sulczinski Centenaro foi coroada, no último sábado, dia 8, como Miss Rio Grande do Sul

Por
· 3 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A mulher mais bonita do Rio Grande do Sul é de Passo Fundo. A estudante de arquitetura e urbanismo Vitória Sulczinski Centenaro foi coroada, no último sábado, dia 8, como Miss Rio Grande do Sul. Vitória disputou a coroa com outras 25 candidatas e conquistou o júri com sua beleza e carisma. Em sua passagem por Passo Fundo, a Miss conversou com o caderno Mix e contou como foi o concurso, quais são seu planos para o próximo ano e, claro, quais são os segredos de beleza de uma Miss.

Mix – Como foi participar do concurso de Miss Rio Grande do Sul e como foi a sua preparação?
Vitória - Em primeiro lugar eu participei da seletiva de Miss Passo Fundo, a rede Bandeirantes veio até a minha cidade, tirou fotos, fez entrevistas, juntou o material e mandou para a Band, porque Passo Fundo não tem por tradição o concurso como em alguns municípios do Rio Grande do Sul têm, por isso esse é o processo. Fui para a semifinal, aqui em Passo Fundo, fiquei entre as 25 semifinalistas e, agora, no dia 8 de dezembro, participei da final em Porto Alegre. Foram quatro dias que antecederam o dia 8. Nós fomos avaliadas no hotel, manhã, tarde e noite, nos jantares, nos almoços e nos cafés da manhã. Foi bem bacana, uma experiência nova. Eu sempre trabalhei no meio da moda, mas não no meio “Miss”, que é bem diferente das fotos e da passarela.

Mix – Em que quesitos vocês são avaliadas?
Vitória - Em todos os quesitos, desde beleza até o jeito que você se comporta em um jantar, o seu jeito de falar, porque a comunicabilidade de uma Miss é essencial. Eles valiam cada ponto de uma Miss.

Mix – E qual é a sensação de ter sido escolhida a mulher mais bonita do Rio Grande do Sul?
Vitória – Eu fiquei muito lisonjeada. Primeiro eu já estava muito grata por ter sido eleita Miss Passo Fundo, uma cidade de 155 anos de história, tem um peso muito grande. E agora, receber a faixa de Miss Rio Grande do Sul foi uma surpresa. Eu fui confiante, mas as 25 finalistas eram competentes, todas podiam estar carregando esta faixa que eu estou carregando hoje.

Mix – Qual será o seu trabalho agora, como Miss?
Vitória – Eu participo de diferentes eventos. Primeiro eu tendo a minha cidade, que eu acho justo. Eu vou para Porto Alegre agora no começo do ano, onde eu começo a preparação para o Miss Brasil. Na segunda quinzena de janeiro eu faço uma viagem para os Estados Unidos e depois eu retorno, aí eu vou fazer dança, vou fazer aulas de espanhol. Vou estudar, tentar conciliar a faculdade. Não vou voltar para o curso de Arquitetura e Urbanismo nesse período, mas vou fazer um técnico em Design de Interiores para não fugir muito do meu meio. Porque, hoje, meu plano B é a faculdade. Vou morar na capital, sozinha. Sou filha única, acostumada a morar com os pais, então, agora vai ter uma mudança bem grande na minha vida, mas vai ser muito positivo, acho que vai dar tudo certo.

Mix – E qual é a sua expectativa para o Miss Brasil?
Vitória – A minha expectativa é das melhores. Eu acho que o povo do Rio Grande do Sul tem que apostar em mim. A gente quebrou um jejum das morenas, desde 1998 nós não temos uma Miss loira. Mas eu não estou para representar as loiras, eu estou para representar todas as mulheres do nosso Estado, que são mulheres bonitas, são mulheres que intimidam em concursos de beleza. Eu estou indo pra isso, para botar pressão, para mostrar a beleza das mulheres gaúchas e eu espero que as pessoas acreditem e apostem em mim como tem feito até hoje.

Mix – E qual é o segredo de beleza da Miss Rio Grande do Sul?
Vitória – Eu sempre falo que é um equilíbrio entre corpo e mente. Tem que ter preparo psicológico muito grande, é muita pressão, mas como eu falo o que não me derruba me fortalece. Eu sou muito forte, sou muito focada. Em relação ao corpo é a alimentação, exercícios físicos. Eu como churrasco todo domingo, eu acho que isso ajuda também (risos). Mas é isso, manter o equilíbrio, foco e determinação.

Mix – Muitas meninas sonham em ser modelos ou misses. Que dica ou conselho você daria a elas?
Vitória – Eu acho que a gente tem que acreditar no nosso potencial. Eu entrei no concurso com o intuito de vencer, com determinação, eu fui atrás dos meus sonhos. Não foi fácil, não era sorrisos o tempo todo. Tinha momentos que eu tinha vontade de chorar, de ver a minha mãe, meu pai, mas eu tive que superar isso. Eu acho que se fosse fácil não teria graça.

Gostou? Compartilhe