Casa Schell é tombada como patrimônio histórico

Características arquitetônicas e aspecto original da edificação terão que ser preservadas a partir de agora

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A edificação conhecida como Casa Schell, localizada no centro, foi tombada provisoriamente como bem integrante do patrimônio histórico-cultural do município. O decreto foi publicado pela Prefeitura de Passo Fundo nesta quarta-feira (28). A casa foi construída pelo primeiro imigrante alemão residente na cidade, Adam Johannes Schell, que morou no local de 1836, ano da construção, até 1878, ano de seu falecimento.

Além da moradia, o edifício serviu para atividade comercial da família Schell. Ao longo dos anos sofreu inúmeras intervenções, contudo ainda preserva seus principais elementos decorativos originais. Juntamente com a casa Barão e Casa Morsch representa a arquitetura de meados do século XIX na cidade de Passo Fundo.

O Decreto nº 197/2012, contém em parágrafo único que as características arquitetônicas, volumétricas e fachada, bem como sua integridade externa, devem ser preservadas, observando o seu aspecto original e a Lei nº 2.997/95.

O tombamento foi possível graças a uma mobilização feita pela Associação Sócio-Cultural Alemã de Passo Fundo. O prefeito Airton Dipp declarou que, mais uma vez, o município comprovou seu respeito pela preservação do patrimônio histórico-cultural.

Gostou? Compartilhe