IMED tem a melhor avaliação do MEC em Passo Fundo

Instituição comemora ocupa a 19ª posição entre as melhores do Estado

Por
· 1 min de leitura
Em 2019, Instituição completou 15 anos de atuaçãoEm 2019, Instituição completou 15 anos de atuação
Em 2019, Instituição completou 15 anos de atuação
Você prefere ouvir essa matéria?

No ano que comemora seus 15 anos de atuação, a IMED acaba de ser reconhecida pelo MEC no Índice Geral de Cursos 2018 (IGC) como a Instituição de ensino superior de Passo Fundo com melhor avaliação. A IMED ocupa a 19ª posição entre as melhores do Estado e obteve a nota 4 para os campi Passo Fundo e Porto Alegre – em uma escala que vai de 1 a 5.Os resultados do Índice Geral de Cursos (IGC) foram divulgados na quinta-feira (12).  O indicador de qualidade do MEC que avalia as Instituições de Ensino Superior é realizado anualmente e leva em conta aspectos como o Conceito Preliminar dos Cursos de graduação – CPCs e o conceito de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu atribuídos pela CAPES.

Na avaliação, a IMED obteve melhor desempenho que demais Instituições do Norte do Estado. “O reconhecimento pelo 4° ano consecutivo demonstra que o atributo excelência acadêmica é trabalhado incessantemente pela Instituição. A clareza que o aluno deve estar no centro do processo de ensino e aprendizagem, o professor como facilitador e a constante implantação de inovações acadêmicas, atinjam resultados tão expressivos para uma Instituição tão jovem” relata o vice-presidente acadêmico da IMED, William Zanella. O Ministério da Educação é o órgão governamental que regula todas as instâncias de ensino no país. Portanto, suas avaliações são consideradas a forma oficial de classificar a qualidade dos cursos. O conceito do MEC atesta a qualidade das condições de ensino e corpo docente. Além do IGC também foi divulgado o Conceito Preliminar de Curso – CPC, composto por diferentes variáveis, que traduzem resultados da avaliação de desempenho dos estudantes, infraestrutura e instalações, recursos didático-pedagógicos e corpo docente. Nos cursos da IMED que foram avaliados neste ciclo (Administração, Direito e Psicologia) todos obtiveram conceito 4.

Os resultados que podem ser vistos no desenvolvimento da IMED refletem o trabalho sério e comprometido da presidência e dos mais de 400 colaboradores entre o quadro técnico-administrativo e professores, que possuem ampla vivência acadêmica e prática.   “O comprometimento e a qualificação de nossos professores inspiram a busca por indicadores de qualidade institucional, mas principalmente a formação humana dos nossos alunos, permitindo maiores índices de empregabilidade”, acrescenta William Zanella.

DIVULGAÇÃO

 

Gostou? Compartilhe