Congresso Internacional de Folclore é adaptado para plataformas online

Previsto para acontecer entre os dias 1º e 2 de junho, evento cultural vai reunir bailarinos de oito países através da internet

Por
· 1 min de leitura
Foto: Divulgação/UPFFoto: Divulgação/UPF
Foto: Divulgação/UPF
Você prefere ouvir essa matéria?

Os trajes coloridos e a variação dos sotaques só poderão ser vistos e ouvidos, desta vez, pela internet. Com o fechamento dos limites fronteiriços entre os países pelo agravamento da crise sanitária, o Congresso Internacional de Folclore teve de ser adaptado às plataformas digitais com dois dias de danças, exposições culturais e oficinas online.  

Previsto para acontecer entre os dias 1º e 2 de junho, o evento promovido pela Universidade de Passo Fundo (UPF) chega à 4ª edição buscando promover o folclore como uma arte a ser valorizada e presente na cultura das nações. “As trocas realizadas são as mais marcantes. Para este ano, não poderemos ter o carinho e o calor humano. Mas, para não deixar de realizar esta edição, optamos por realizar de forma online, mas com plena aceitação de 7 países e grandes professores conhecedores do folclore”, explicou o coordenador do Congresso Internacional, Luís Gustavo Maias da Silva.  

Mencionando uma receptividade dos passo-fundenses aos estrangeiros, o docente lembrou do caráter regional do evento que, neste ano, terá a participação remota de bailarinos da Argentina, Costa Rica, Colômbia, Chile, Equador, México e Peru. Isso porque, em 2019 quando a última edição presencial foi sediada no Teatro Sesc, municípios de Santa Catarina e da região norte gaúcha receberam as atrações itinerantes. “Passo Fundo sempre soube receber de forma muito carinhosa todos os grupos e representações de grupos folclóricos que se apresentaram e temos certeza que não será diferente neste formato online", atestou Silva.   

Calendário 

No primeiro dia de evento, explicou o coordenador, os casais de artistas estrangeiros estarão conectados em tempo real na plataforma UPF Online no Youtube para as explanações acerca das particularidades culturais de seus países sempre a partir das 19h30min.  

No segundo dia, o folclore brasileiro e gaúcho serão manifestados através da cultura afro, danças de salão, danças biriva e coreografias de entrada e saída do ENART. 


Gostou? Compartilhe