Passo Fundo passa a restringir circulação de caminhões no centro da cidade

O objetivo é evitar a passagem de veículos que transportam cargas acima de sete toneladas

Por
· 1 min de leitura
A sinalização está sendo instalada em diferentes pontos da cidade (Foto: Divulgação/PMPF)A sinalização está sendo instalada em diferentes pontos da cidade (Foto: Divulgação/PMPF)
A sinalização está sendo instalada em diferentes pontos da cidade (Foto: Divulgação/PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

Diversos pontos de Passo Fundo estão recebendo sinalização que disciplina o tráfego de caminhões na Avenida Brasil e outros pontos do centro da cidade. O objetivo é evitar a passagem desses veículos que transportam cargas acima de sete toneladas e que acabam prejudicando as estruturas das vias, principalmente a Avenida Brasil.

Neste ano o Município publicou um decreto que estabelece os limites possíveis de toneladas que poderão trafegar e utilizar os espaços de carga e descarga durante o dia. No decreto, está instituído os portes de caminhões que podem acessar o centro e aqueles transportes especiais que necessitam trafegar. A sinalização está sendo instalada pela Prefeitura de Passo Fundo, por meio da Secretaria de Segurança.

“Por exemplo, se uma empresa está construindo na área central e necessita descarregar uma carga de materiais que ultrapassa o peso estabelecido no decreto, a Secretaria de Segurança é a pasta responsável pela autorização desse deslocamento, permitindo a entrada do caminhão na área restrita. Nossa equipe buscará evitar esse tipo de deslocamento de carga pesada na Avenida Brasil, pois além de causar estragos na nova camada de asfalto, causa transtornos no trânsito”, explicou o secretário de Segurança, João Darci Gonçalves.

Os motoristas que não seguirem o decreto poderão serem atuados, de forma presencial do Agente de Trânsito e também de forma eletrônica. “Para que tenhamos um melhor cuidado com as nossas ruas e avenidas e, para que não haja necessidade de autuar os motoristas que utilizam as nossas vias, o Município está reforçando a orientação e as regras da sinalização”, destacou Gonçalves.

Gostou? Compartilhe