Prefeitura realizará seminário internacional Passo Fundo Cidade Educadora

Evento é a primeira ação do município como cidade educadora e contará com programação on-line com foco na troca de experiências

Por
· 1 min de leitura
Foto: ArquivoFoto: Arquivo
Foto: Arquivo
Você prefere ouvir essa matéria?

Nesta semana, nos dias 23 e 24 de junho, a Prefeitura realizará o seminário internacional Passo Fundo Cidade Educadora. Em parceria com a Universidade de Passo Fundo, a programação on-line contará com debates sobre o papel das universidades na construção das cidades educadoras e com uma troca de experiências sobre o movimento.

De acordo com o secretário de Educação, Adriano Canabarro Teixeira, o seminário terá a presença de representantes de cidades educadoras nacionais e internacionais. “Esse evento é a primeira ação do município dentro do movimento. Embora o nome remeta à educação, não estamos falando de escolarização, mas de uma cidade que educa integralmente seu cidadão. Com o evento, pretendemos socializar as concepções dos espaços urbanos que se projetam como educativos e promotores de inclusão”, enfatiza.

Durante o evento, também será realizado um encontro das cidades educadoras gaúchas. “Teremos a oportunidade de pensar coletivamente soluções e ações para as demandas comuns do nosso território de forma democrática, transparente e com foco nas pessoas”, pondera o secretário.

 

Programação do seminário

- 23 de junho

 

19h às 20h30

Conferência de abertura – O papel das universidades na construção das cidades educadores

 

- 24 de junho

8h30 às 9h30

Conferência – Da carta à construção da cidade como cidade educadora

 

10h às 11h30

Relatos de experiência – Cidades educadores pelo mundo

 

13h30 às 15h

Relatos de experiência – Cidades educadores pelo Brasil

 

16h às 17h30

Relatos de experiência - Encontro Gaúcho das cidades educadoras

 

Toda a programação será transmitida a partir do canal no YouTube da Secretaria Municipal de Educação.

 

O que é ser uma cidade educadora

Passo Fundo ingressou na Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE) em abril deste ano, aderindo à carta que norteia a concepção de políticas públicas. A AICE busca auxiliar governos, prefeituras, secretarias e cidades a implementarem medidas voltadas ao desenvolvimento integral de seus habitantes, tendo a educação, a equidade e os direitos humanos como alicerces.

A Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE) reúne mais de 490 cidades nos cinco continentes. Barcelona é reconhecida como a primeira cidade do mundo a se declarar uma Cidade Educadora, apostando nos espaços públicos e na articulação de diferentes setores para garantir a educação integral de suas crianças e adolescentes.

No Brasil, o movimento já conta com a participação de mais de 15 cidades. Entre elas, Caxias do Sul e Porto Alegre. Atualmente, o município de Sorocaba, localizado em São Paulo, coordena a rede brasileira.


Gostou? Compartilhe