Agosto apresenta estabilidade nos casos de Covid-19

Quase 30 mil pessoas foram vacinadas com primeira dose durante o mês

Por
· 1 min de leitura
A vacinação com primeiras e segundas doses avançou ao longo do mês (Foto: Arquivo/Divulgação/PMPF)A vacinação com primeiras e segundas doses avançou ao longo do mês (Foto: Arquivo/Divulgação/PMPF)
A vacinação com primeiras e segundas doses avançou ao longo do mês (Foto: Arquivo/Divulgação/PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

Passo Fundo registrou estabilidade nos dados da pandemia de Covid-19 durante agosto. O mês, que terminou ontem (31), começou com 343 casos ativos e apresentava 367 na segunda-feira (30), com o índice se mantendo abaixo de 400 ao longo de todo o mês. Ainda assim, foram confirmados mil novos casos e 22 mortes por Covid-19. A cidade também registrou avanço na vacinação.

Óbitos

Os números de casos ativos são os mais baixos do ano. No entanto, eles são superiores a momentos anteriores da pandemia. Na série histórica, que começa em junho de 2020, o índice mais baixo é 117 em 20 de outubro do ano passado. 

Em comparação com julho, o número de óbitos caiu pela metade, passando de 46 para 22 até segunda (30). Os dados foram coletados a partir dos boletins diários da Secretaria Municipal de Saúde, portanto contabilizam as mortes por data de registro e não pela data de ocorrência. 

Casos 

Além disso, os novos casos confirmados caíram de mais de 1,7 mil em julho para mil registros em agosto. As hospitalizações também apresentaram queda ao longo do mês, de 68 em 1º de agosto para 52 ontem (30). A maior diminuição foi nas UTIs, que passaram de 38 para 23 pacientes internados. 

Vacinação

Os números da vacinação avançaram no município. Foram quase 30 mil primeiras doses aplicadas e 19 mil segundas doses. O total de vacinados chegou a 147,9 mil, considerando também as doses únicas, que avançaram pouco em agosto. Já o número de imunizados com a segunda dose passou para 74 mil.

Região

Na região Covid-19 de Passo Fundo, os casos confirmados também seguem estáveis, conforme o boletim regional do Comitê de Dados estadual com dados de 30/08. Na variação semanal, eles caíram 2,9%. Os óbitos, por outro lado, aumentaram 88,9% no mesmo período. Foram 17 registros ao longo da semana e a taxa de mortalidade acumulada dos sete dias por cem mil habitantes está em 2,5, enquanto a do estado está em 1,7.

As novas hospitalizações por Covid-19, que reflete o fluxo de entrada de pacientes, subiram 16,7% na variação semanal. O aumento no estado foi maior, de 25,8%. Já em relação ao estoque de pacientes, as internações em leitos clínicos na região caíram 19% e em UTIs subiram 1,8%. A região tem 75% das UTIs ocupadas, refletindo em 42 leitos livres, sendo que 41,7% das internações são por outras causas.

Gostou? Compartilhe