Prefeitura autoriza o início das obras nas estradas rurais por empresa terceirizada

A partir do Programa Acelera Passo Fundo e do Plano de Desenvolvimento Rural, o Município investirá R$ 2 milhões para agilizar intervenções em 100 km de estradas

Por
· 1 min de leitura
A assinatura foi realizada em Santo Antônio do Capinzal (Foto: Divulgação/PMPF)A assinatura foi realizada em Santo Antônio do Capinzal (Foto: Divulgação/PMPF)
A assinatura foi realizada em Santo Antônio do Capinzal (Foto: Divulgação/PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

Com um investimento superior a R$ 2 milhões, o prefeito, Pedro Almeida, assinou hoje (23) a ordem de serviço para que empresa terceirizada que executará obras nos seis distritos pelo Programa de Revitalização de Estradas e Pontes inicie as intervenções. A iniciativa integra o Programa Acelera Passo Fundo e o Plano de Desenvolvimento Rural, tendo como objetivos principais ampliar a qualidade de vida dos moradores e fortalecer as atividades econômicas.

De acordo com o prefeito, a medida potencializará a capacidade do Município em intervir na manutenção das áreas rurais. “Estudamos este projeto desde janeiro, pensando em acelerar o atendimento às demandas dos moradores e de quem precisa utilizar as estradas. As boas condições das vias são fatores imprescindíveis para o escoamento da diversificada produção de nosso município e fundamentais para a mobilidade entre os distritos e a zona urbana. Esse é um investimento no interior, na produção e no agronegócio”, considerou.

Nesta primeira fase, deverão ser revitalizados 100 dos 695 quilômetros de estradas rurais, abrangendo todos os distritos em pontos que mais precisam de atenção, como as vias gerais. Entre as intervenções, constam o alargamento e o revestimento das estradas e a reconstrução dos sistemas de tubulação e drenagem.

A assinatura foi realizada em Santo Antônio do Capinzal, que será o primeiro distrito a receber as obras. Para o morador da comunidade e também vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Passo Fundo, Airton Ferreira dos Santos, o Município está solucionando uma demanda comum de todos os distritos. “É uma ação significativa e que atende a uma reivindicação antiga. O interior tem várias atividades que necessitam de estradas adequadas, principalmente, em dias de chuva, e acreditamos que a terceirização dará melhores condições”, afirmou.

Conforme o secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Cristiam Thans, as obras iniciarão na próxima semana, posteriormente, passando pelo Primeiro Distrito e distritos de Bela Vista, Bom Recreio, Pulador, São Roque e Sede Independência. “A meta é concluir todos os 100 quilômetros licitados em seis meses para que, até a próxima safra, os trechos contemplados nesta fase estejam prontos. Essa é a primeira vez que faremos esse trabalho, que também possibilita que a Prefeitura se dedique a outras estradas, garantindo ações ágeis”, salientou.

Gostou? Compartilhe