TST decide pelo fim da greve dos Correios

Os correios realizaram diversos mutirões para distribuir quase três milhões de correspondências acumuladas no Estado desde 12 de setembro.

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Quase um mês após em greve, os funcionários dos Correios voltarão a trabalhar nesta quinta-feira. A decisão ocorreu nesta terça, depois do julgamento do dissídio da categoria pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). Os grevistas terão reajuste de 8%, valor que já era ofertado pela empresa, e terão seis meses para compensar os 26 dias parados com duas horas extras diárias. Segundo o secretário de Assuntos Jurídico do Sindicato da categoria, Rodrigo Cardoso Alves, os 6 mil servidores dos Correios no Estado cumprirão a determinação e voltarão ao trabalho, mesmo sem ter atendido um pedido de reajuste de 47,8%. A greve dos servidores suspendeu temporariamente serviços com hora marcada e provoca atrasos nas entregas. Os correios realizaram diversos mutirões para distribuir quase três milhões de correspondências acumuladas no Estado desde 12 de setembro.

 

Gostou? Compartilhe