Renovado convite para "cantar a alegria de viver"

Tema e lema da nona edição da Cantata Natalina foram, oficialmente, apresentados, durante solenidade de lançamento do evento

Por
· 2 min de leitura
Em 8 anos de Cantata, 230 mil pessoas assistiram aos espetáculosEm 8 anos de Cantata, 230 mil pessoas assistiram aos espetáculos
Em 8 anos de Cantata, 230 mil pessoas assistiram aos espetáculos
Você prefere ouvir essa matéria?

Mesmo que faltem meses até que os tons verde e vermelho, tão característicos do Natal, comecem a ser vistos com maior frequência, pelas ruas, fachadas e vitrines, anunciando a proximidade da sua celebração, a manhã da sexta-feira (22) já foi envolta pela emoção ainda mais peculiar à data. Isso porque, em um café da manhã servido no Colégio Notre Dame, autoridades militares, políticas e religiosas, imprensa, patrocinadores e apoiadores da Cantata Natalina foram apresentados à nona edição do espetáculo.

Será sob a perspectiva da “Fraternidade” que o nascimento do menino Jesus será celebrado, nas noites de 21 de novembro, 05 e 12 de dezembro, entre os passo-fundenses, e na de 28 de novembro, entre os carazinhenses. O tema, eleito pela Comissão Central de Organização do maior evento natalino do norte gaúcho, será cantado, encenado e coreografado, das janelas dos Colégios Notre Dame e Notre Dame Aparecida e dos palcos e arquibancadas instalados em frente às instituições de ensino, a fim de representar a universalidade do festejo natalino.

A coordenadora da Cantata, Irmã Maria Pin, justificou o lema deste ano. “Jesus nasceu para todos. Para todos os povos, para todas as raças, para todos os segmentos da sociedade e nos ensinou a sermos solidários contra todo tipo de desigualdade existente na humanidade”, comenta. A representação, ainda que inspirada pelo tema “Fraternidade”, deverá também enfatizar a necessidade de cultivar-se, no cotidiano, tantos outros valores, como a tolerância, o respeito, a compaixão e a generosidade.

Uma amostra daquilo que será exibido aos espectadores que ocuparão, nessas noites, as praças em frente aos locais de apresentação, para prestigiar um espetáculo de evangelização, foi exibida aos convidados para a solenidade de lançamento. Por meio de canções e representação teatral, o milagre que une os povos cristãos, em irmandade, foi representado.

De acordo com a superiora provincial da Província da Santa Cruz, Irmã Araci Ludwig, somos irmãos em Jesus Cristo, pois, ao fazer-se carne, Deus ensinou-nos a viver a fraternidade, através dos atos do Seu filho. "Ele nasceu para todos, independentemente de raça, credo ou cor, pois se encontrava com todos. Jesus é um espírito aberto que vai ao encontro das pessoas", comenta, ressaltando que Deus é a fonte da força e da persistência necessárias para que as pessoas cumpram essa missão nas relações humanas.

A esperança que envolve o Natal e atrai multidões, como irmãos, para celebrar e louvar o nascimento do menino Jesus, tal qual a estrela-guia fez com os Reis Magos, foi o mote do vídeo de lançamento do evento e do vídeo televisivo que será veiculado nas emissoras locais para divulgar as apresentações, assistidos em primeira mão pelos convidados.

Também a esperança é reavivada nestas noites de Natal. O representante do Legislativo Municipal, João Pedro Nunes enfatizou esse momento de renascimento interior. "Quando se vê e se relembra o nascimento de Jesus Cristo, se vê e se relembra, além de avaliar, as relações humanas e as lições deixadas por Ele para que pautemos, cada vez mais, o nosso dia-a-dia", reflete. É por isso que, de acordo com o prefeito municipal de Passo Fundo, Luciano Azevedo, que a Cantata está no coração das pessoas. “O seu grande objetivo é congregar, unir, aproximar e levar a mensagem verdadeira do Natal", festeja.

Os números confirmam que o espetáculo de evangelização já foi abraçado pelas comunidades de Passo Fundo e Carazinho. Nas 30 apresentações dos oito anos anteriores, cerca de, 230 mil pessoas assistiram à profusão artística que representa, com o compromisso de inovar e surpreender, o dogma de fé, adaptado ao tema de cada edição.

Gostou? Compartilhe