Em defesa da vida

Evento sobre conscientização no trânsito reuniu mais de 100 crianças do ensino fundamental

Por
· 1 min de leitura
Simulação contou com a presença dos órgãos que prestam socorro a vítimas de acidentesSimulação contou com a presença dos órgãos que prestam socorro a vítimas de acidentes
Simulação contou com a presença dos órgãos que prestam socorro a vítimas de acidentes
Você prefere ouvir essa matéria?

Cerca de 400 crianças participaram de diversas atividades de conscientização no trânsito durante a tarde de sexta-feira (20), no estacionamento da Câmara de Vereadores, no Paço Municipal. O evento intitulado “Passo Fundo em Defesa da Vida” foi realizado pela Frente Parlamentar pelo Trânsito Seguro. “Estamos convencidos de que precisamos trabalhar com adultos, sim, mas sabemos que precisamos conscientizar o futuro condutor já na mais tenra idade”, afirmou o vereador Padre Wilson Lill.

O evento reuniu estudantes das séries iniciais até o nono ano do ensino fundamental, de escolas de Passo Fundo. Houve também a simulação de um acidente de trânsito, onde duas pessoas foram socorridas das ferragens de um automóvel. Apesar de simulado, o resgate das vítimas seguiu todos os passos de um atendimento normal, feito pelos órgãos de saúde e trânsito. A ideia, segundo a organização, a simulação do acidente visa informar os jovens sobre os procedimentos. “A imagem choca, chama a atenção. E, além disso, a criança que vê aprende como de deve socorrer um acidentado”, explica o vereador.

A simulação teve a participação do Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Estadual, Guarda Municipal de Trânsito, Polícia Rodoviária Federal e Samu. O evento devia ter sido realizado no encerramento da Semana Nacional do Trânsito, que ocorreu em setembro, mas foi adiado por causa do mau tempo. “Essa data não foi escolhida ao acaso. Esse é um dia para se pensar nas vítimas de trânsito. E as vítimas de trânsito não são apenas as que morreram, mas também aquelas que ficam com sequelas, os familiares”, pontuou a coordenadora do Núcleo de Educação para o Trânsito, da Secretaria de Segurança Pública, Raquel Rubio. “É um dia para pensar, sensibilizar esses jovens para as questões de segurança no trânsito”.

Além das atividades, houve também apresentações artísticas de escolas, recreação, escolinha de trânsito ABC da Polícia Rodoviária Estadual, confecção de curriculum e ações de prevenção à saúde. Mas, sempre com o foco na formação do futuro condutor, como afirma Raquel. “As crianças estão aprendendo como se usa o etilômetro [bafômetro] e o perigo do condutor que dirige embriagado. Queremos que as elas nos auxiliem e fiscalizem seus pais”.

Gostou? Compartilhe